Destaque Principal Política

Ministro aponta que votação via celular em 2022 é possível: ‘se for 100% seguro’

REPRODUÇÃO | (IG)
Redação
Escrito por Redação

Presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, revelou a ideia, que visa baratear os custos das eleições

As eleições de 2022 podem ter uma grande novidade para o brasileiro. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estuda a possibilidade da votação ocorrer pelo celular, caso a tecnologia passe pelos testes de segurança absoluta.

Para o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso , o projeto “Eleição do Futuro” tem o intuito de baratear os custos dos sufrágios com segurança. Nele, empresas desenvolvem plataformas para as eleições via celular.

Segundo Barroso, a Justiça Eleitoral exige o sigilo do voto, eficiência e segurança no sistema. Pelas contas do TSE, 31 empresas desenvolvem plataformas. Destas, 26 fizeram demonstrações nestas eleições.

“Quanto a aplicabilidade ou não do novo modelo em 2022, vai depender da segurança que nós possamos ter com as alternativas oferecidas. Como eu disse, nós temos um teste tríplice: segurança, sigilo e eficiência. Se algum dos modelos se mostrar confiável, eu imagino que sim, que nós possamos começar implantar em 2022”, afirmou Barroso.

Questionado sobre os riscos de fraudes, ataques hackers e compra de votos nas votações pelo celular, o presidente do TSE reafirmou que só haverá migração “se nós tivermos segurança”.

Mesmo com o voto pelo celular, o TSE não descarta a necessidade do eleitorado precisar ir até os colégios eleitorais para votar, justamente para evitar abuso de poder econômico ou compra de votos.

.

 

.

 

.

 

IG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: