Destaque Principal Dia a Dia Geral saúde

Menino de 12 anos morre depois de bater a cabeça em brincadeira com outras crianças

Redação
Escrito por Redação

O caso foi registrado no bairro João Antônio Fagundes. Inicialmente o acidente ocorreu em uma casa perto da residência da família do garoto.

De acordo com a mãe do menino, o filho tinha saído com o padrasto para vender ‘cremosinho’ e voltou dizendo que estava com dor de cabeça. O garoto continuava se queixando das dores e a mãe deu um remédio para dor de cabeça.

O menino tomou a medicação, se deitou e descansou. O padrasto saiu de casa para perguntar se alguém sabia o que tinha acontecido ou se o menino havia sido agredido.

O dono de uma conveniência contou para a família que viu o momento em que o garoto estava lançando a rede para outras duas crianças. A testemunha foi atender um cliente e, quando retornou, viu que o menino estava caído por cima de um dos braços.

O comerciante ajudou o menino a se levantar e perguntou se ele estava bem. Naquele momento a criança disse que estava com dor e foi embora.

O menino não falou para a mãe que havia caído, até que, por volta de 20h, começou a passar mal.

A família chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a criança morreu.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi informada sobre a morte por volta de 23h45.

O corpo do garoto foi enviado ao Instituto Médico Legal (IML) de Rondonópolis. A DHPP pediu exame de corpo de delito na madrugada desta segunda-feira (23) e investiga se, de fato, o menino sofreu uma queda.

O exame deve apontar a causa da morte da vítima. A família deve ser ouvida formalmente na delegacia nos próximos dias.

Sobre o autor

Redação

Redação