Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Política

Médico da Prevent Senior relata ameaças de diretor da empresa que é ouvido pela CPI da Covid nesta quarta

Publicado

em

Médico da Prevent Senior relata ameaças de diretor da empresa que é ouvido pela CPI da Covid nesta quarta

Um dos médicos da Prevent Senior que teria denunciado as irregularidades na empresa registrou um Boletim de Ocorrência em que relata ter sofrido ameaças do diretor-executivo da operadora de saúde, Pedro Benedito Batista Júnior, que é ouvido pela CPI da Covid nesta quarta-feira (22). O áudio da ligação foi divulgado durante a Comissão.

O profissional registrou a ocorrência no final de junho, no 5º DP da Aclimação, na Zona Sul da cidade.

O médico contou que, após ter conversado com a reportagem da TV Globo sobre a empresa, recebeu uma ligação de Pedro Benedito. À polícia, o médico contou que Pedro disse que ele estaria “expondo sua filha e sua família”.

Ele teria dito ao diretor que sua filha tem apenas sete anos e nenhuma relação com a Prevent, e que não estaria compreendendo a relação de uma coisa com a outra.

Na ligação, perguntado se era uma ameaça, Pedro respondeu que “não é ameaça, é um conselho”, diz o documento policial.

O diretor da Prevent também questionou o que o médico “ganharia” em levar as denúncias adiante. Ele respondeu que quem ganharia é a sociedade.

“É uma coisa que está sendo vendida e a gente sabe que não funciona”, disse o médico, fazendo referência ao chamado tratamento precoce.

Pedro Benedito disse ainda que iria divulgar todo o histórico do profissional, como os pacientes tratados por ele que evoluíram com gravidade.

O boletim de ocorrência diz também que a esposa do médico ouviu toda a ligação e “ficou aterrorizada com as ameaças, e queria deixar a cidade temendo por sua vida e pela de sua filha”.

O que diz a operadora

Em nota, a operadora negou as ameaças e disse que o médico “foi alertado que, após invadir e divulgar o prontuário de um paciente, seria levado à investigação pelo Conselho Regional de Medicina, o que, de fato, aconteceu, por infração à ética e à legislação.”

No texto, a Prevent ainda alega que Pedro e o profissional eram amigos e sócios. “Por isso, Pedro alertou que a conduta ilegal exporia ele a um risco de punição no CRM.”

Diretor da Prevent na CPI da Covid

A CPI da Covid ouve nesta quarta Pedro Benedito. O depoimento dele estava previsto para a última quinta-feira (16), mas Benedito não compareceu.

Na semana passada, o diretor-executivo da Prevent Senior obteve no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de não responder a perguntas dos senadores que possam incriminá-lo.

A CPI da Covid investiga se o plano de saúde Prevent Senior ocultou mortes de pacientes em estudo realizado para testar hidroxicloroquina, associada à azitromicina, para o tratamento da Covid-19.

A Comissão recebeu um dossiê com uma série de denúncias de irregularidades, elaborado por médicos e ex-médicos da Prevent. O documento informa que a disseminação da cloroquina e outras medicações ineficazes contra a Covid-19 foi resultado de um acordo entre o governo Jair Bolsonaro e a Prevent.

A reportagem da Globonews teve acesso à planilha com os nomes e as informações de saúde de todos os participantes do estudo. Nove deles morreram durante a pesquisa, mas os autores só mencionaram duas mortes.

O estudo foi divulgado e enaltecido por Bolsonaro, como exemplo de sucesso do uso da hidroxicloroquina. Ele postou resultados do estudo e não mencionou as mortes de pacientes que tomaram o medicamento.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas