Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Média de gols sofridos aumenta 115% no São Paulo após o título do Paulistão; veja balanço

Publicado

em

Média de gols sofridos aumenta 115% no São Paulo após o título do Paulistão; veja balanço

Crespo tem dificuldades para ajustar sistema defensivo com as ausências de Arboleda e Miranda

O sistema defensivo do São Paulo tem sido um dos principais problemas da equipe comandada por Hernán Crespo após a conquista do Campeonato Paulista.

Se nos 21 primeiros jogos da temporada, o time sofreu 13 gols (média de 0,62 gol por jogo), nos últimos nove foram 12 gols sofridos (média de 1,33 gols sofridos por jogo). A média do time no quesito aumentou 115%. O levantamento foi realizado pelo Espião Estatístico do ge.

Na última quarta-feira, no empate com o Cuiabá, o São Paulo sofreu dois gols e atingiu os oito no Campeonato Brasileiro. O time tem um dos piores números da competição após seis rodadas disputadas.

O problema defensivo vem de encontro aos desfalques dos dois principais zagueiros do elenco: Arboleda (na seleção equatoriana) e Miranda (lesionado). Sem ambos, Crespo já testou até o lateral-esquerdo Reinaldo na defesa, por exemplo.

São Paulo x Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

São Paulo x Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

 

Na última quarta, o trio de zaga foi composto por Bruno Alves, Diego Costa e Léo. Eles não passaram segurança à equipe e nas duas vezes que o Cuiabá foi ao ataque conseguiu marcar.

Mesmo diante dos problemas sofridos, Crespo não abre mão da linha defensiva com três zagueiros. Mesmo precisando da vitória contra o Cuiabá, o treinador fez modificações no time e, em determinado momento, colocou Gabriel Sara na lateral esquerda, mas não mexeu na defesa.

Para o próximo domingo, diante do Ceará, no Castelão, às 20h30, Crespo pode mexer no setor com o retorno de Reinaldo. Pelo menos até o final deste mês, ele não deverá contar com Arboleda e nem com Miranda.

E no ataque?

 

Os números do ataque são-paulino também caíram após a conquista do Paulistão. Mesmo com os nove gols feitos diante do 4 de Julho, pela Copa do Brasil, o Tricolor apresenta uma queda de 10% nos gols marcados nos últimos nove jogos.

Nas 21 primeiras partidas da temporada, o time fez 44 gols (média de 2,09 gols por jogo). Nos últimos nove duelos, foram 17 gols marcados (média de 1,88 gols por jogo).

A Voz da Torcida - Caio: "Mais um jogo que a gente sai frustrado, irritado e decepcionado"

A Voz da Torcida – Caio: “Mais um jogo que a gente sai frustrado, irritado e decepcionado”

.

.

.

Fontes: Ge – Globo Esporte.

mais lidas