Siga nossa Redes

Internacional

Max Holloway minimiza trilogia com Volkanovski: “Não vou forçar ninguém a lutar comigo”

esportes

Publicado

em

Max Holloway minimiza trilogia com Volkanovski: "Não vou forçar ninguém a lutar comigo"

Em entrevista após atuação de gala contra Calvin Kattar, havaiano se coloca à disposição como reserva no UFC 257, no próximo sábado, e cita possível duelo com Khabib Nurmagomedov

A atuação de Max Holloway no último sábado, quando dominou Calvin Kattar ao longo de cinco rounds, impressionou a quem viu. Foi à altura dos melhores momentos do ex-campeão dos penas (até 66kg). Com isso, logo após o evento em Abu Dhabi, na Ilha da Luta, a expectativa era pelo próximo passo. Dana White apostou num novo encontro com o atual campeão Alexander Volkanovski. O havaiano, no entanto, tirou a pressão por um terceiro duelo entre eles.

– Vamos ver o que acontece. Khabib está dizendo que quer algo que seja superinteressante. Talvez eu o tenha empurrado um pouco além do limite. Tivemos uma das melhores coletivas de imprensa do mundo, acho, simplesmente não tivemos a luta. Então, poderíamos fazer isso se ele quisesse. Volkanovski disse – são palavras dele, não minhas – que quer uma luta diferente. Ele não quer uma luta mais dura, rapazes, deixem isso afundar. Ele quer uma luta diferente. Ele não disse que quer um desafio mais difícil. Ele sabe quem é o desafio mais difícil, ele sabe que sou eu, então no final do dia não vou forçar ninguém a lutar comigo – disparou Holloway na coletiva após a luta.

Vale lembrar que Volkanovski já tem luta marcada. Ele defenderá o cinturão dos penas no dia 27 de março, no UFC 260, na co-luta principal do evento liderado por Stipe Miocic x Francis Ngannou. O local do evento ainda não está definido.

O lutador de 29 anos citou Khabib Nurmagomedov lembrando que eles quase se enfrentaram no UFC 223, em abril de 2018. Na época, o russo viu Tony Ferguson sair da luta e o havaiano a pegou de última hora, mas foi vetado pelos médicos no dia da pesagem. Os dois chegaram a fazer encarada. Segundo Dana White, Khabib poderia mudar de ideia da aposentadoria se alguém o empolgasse.

Holloway se mostrou aberto também a substituir algum lutados dos leves nas duas lutas principais do próximo sábado, no UFC 257. Conor McGregor encara Dustin Poirier, e Michael Chandler enfrenta Dan Hooker.

– Vou ficar pronto, fazer o que for preciso e apenas estar pronto. Como disse, estou aqui até a semana que vem. Se algo acontecer neste esporte louco e selvagem, não se surpreenda. Sintonize na próxima semana no pay-per-view, enorme pay-per-view, há um monte de surpresas acontecendo.

 

Apesar de citar algumas possibilidades e nomes, Max Holloway garante que seu desejo é fazer história, seja com o cinturão em jogo ou não, como fez no sábado com a apresentação em Abu Dhabi.

– Quero lutas de legado, quero lutas grandes, quero lutas como essa, estamos na ABC (emissora de TV americana). Quero história. Com cinturão, sem cinturão, seja o que for, quero lutar… Vocês acham que alguém é o melhor lutador do mundo, vocês me falem, me avisem. Vou assinar na linha pontilhada.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas