Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Maurício Barbieri vê rearranjo de forças no futebol brasileiro e valoriza trabalhos de longo prazo

Publicado

em

Maurício Barbieri vê rearranjo de forças no futebol brasileiro e valoriza trabalhos de longo prazo

Massa Bruta venceu o primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana e está perto da final

O técnico Maurício Barbieri, do Red Bull Bragantino, participou na tarde desta quinta-feira, 23, do Seleção SporTV. No bate-papo, o treinador comentou a vitória do Massa Bruta por 2 a 0 sobre o Libertad-PAR, pelo jogo de ida da semifinal da Sul-Americana, e o bom momento da equipe de Bragança Paulista.

Questionado se haveria uma nova hierarquia no futebol brasileiro, Barbieri disse que é possível equilibrar forças com trabalhos com planejamento e de longo prazo.

– Acho que existe um rearranjo de forças. Em termo de hierarquia, aqueles que têm um poder de investimento muito maior ainda conseguem sair na frente. Ainda contam com os melhores talentos, que decidem os jogos. Mas em uma competição de longo prazo, você consegue reequilibrar essas forças com trabalho, organização, planejamento, com desenvolvimento de médio e longo prazo… Isso que o Bragantino procura fazer, o Athletico vem fazendo, o Fortaleza também. São equipes consistentes, competitivas – afirmou.

Bragantino venceu o Libertad-PAR no primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana — Foto: Marcello Zambrana/AGIF

MAU Bragantino venceu o Libertad-PAR no primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana — Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Passado esse primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, o Bragantino volta a atenção ao Brasileirão. O time está na quinta colocação do campeonato nacional e encara o Fluminense neste domingo, 25, às 16h, no Rio de Janeiro. Depois, na próxima quarta, 29, disputa o segundo confronto da semifinal, no Paraguai.

– A gente vem procurando se equilibrar, tentando fazer frente nas duas. Em um passado recente no Brasileiro, tivemos resultados que deixaram a desejar dentro daquilo que podemos oferecer. E faz parte do amadurecimento da equipe, relaxamos em alguns jogos que devíamos manter o nível para buscar os três pontos – disse Barbieri.

– Não existe nenhuma orientação neste sentido de dar prioridade a uma ou outra. Claro que a Sul-Americana, por ser mata-mata, sua margem de erro e recuperação é muito menor. Aí acaba tendo um cuidado especial antes desses jogos. Se tivermos que poupar, por alguma razão, vamos escolher fazer isso no Brasileiro e não na Sul-Americana – acrescentou.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas