Siga nossa Redes

Esportes

Marcos Rocha supera as críticas, cresce em finais e pode levantar quarto título no Palmeiras

esportes

Publicado

em

Marcos Rocha supera as críticas, cresce em finais e pode levantar quarto título no Palmeiras

A temporada de Marcos Rocha no Palmeiras foi de altos e baixos. Mas, neste domingo, às 18h, diante do Grêmio, na decisão da Copa do Brasil, no Allianz Parque, o jogador pode deixar para trás (mais uma vez) a desconfiança do torcedor.

Embora não seja unanimidade na lateral do Palmeiras, Marcos Rocha costuma crescer nos jogos decisivos e ter protagonismo. Nesta temporada já foram dois títulos com o jogador de titular e atuando de forma segura.

Na final do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, Marcos Rocha fez duas partidas regulares e evitou que os atacantes velozes do rival se sobressaíssem. Já na Libertadores, o lateral-direito foi um dos grandes nomes na fase final, quando pouca gente acreditava.

Marcos Rocha, lateral-direito do Palmeiras — Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Marcos Rocha, lateral-direito do Palmeiras — Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

No jogo de ida da semifinal, no histórico 3 a 0 sobre o River Plate, Marcos Rocha não só anulou os atacantes do time argentino como também teve papel fundamental no ataque. Pelo lado direito, ele apoiou Gabriel Menino, um dos melhores em campo.

Já na final do torneio continental, Marcos Rocha mais uma vez foi fundamental para o sistema de jogo da equipe e não deixou Soteldo, do Santos, jogar. Nas notas ao jogadores dada pelos repórteres do ge, inclusive, o lateral recebeu um 7,0, uma das mais altas do time alviverde no confronto.

Marcos Rocha em confronto contra o Santos, na final da Libertadores — Foto: André Durão

Marcos Rocha em confronto contra o Santos, na final da Libertadores — Foto: André Durão

No último domingo, no jogo de ida da final da Copa do Brasil, o jogador de 32 anos foi no caminho inverso das críticas recebidas em muitas ocasiões e, novamente, se destacou no sistema defensivo.

Agora, Marcos Rocha tem a chance de colocar mais um título na sua galeria pessoal. Pelo Palmeiras, pode ser a quarta taça (ganhou também o Brasileirão 2018). Na carreira, pode ser a 11ª. Como venceu a primeira partida por 1 a 0, em Porto Alegre, o Verdão joga pelo empate para ficar com o título.

.

.

.

Fonte: G1 – Globo.

Publicidade

mais lidas