Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Luizão e Ricardinho rebatem ex-árbitro sobre Santos ter entregado jogo para Corinthians: “Absurdo”

Publicado

em

Luizão e Ricardinho rebatem ex-árbitro sobre Santos ter entregado jogo para Corinthians: "Absurdo"

Titulares no 7 a 1, ex-jogadores reagem às declarações de Evandro Román, árbitro de goleada histórica de 2005 que falou que o Peixe quis perder para derrubar o técnico Nelsinho Baptista

Depois de Evandro Román, ex-árbitro e agora deputado federal do Paraná, dizer que jogadores do Santos perderam de propósito por 7 a 1 para o Corinthians em 2005, jogadores titulares daquele elenco santista saíram em defesa dos companheiros.

Ao ge, Luizão e Ricardinho negaram veementemente as declarações de Román, árbitro da partida naquela tarde, no Pacaembu. Titulares no clássico, eles garantiram que o Santos não perdeu para derrubar o técnico Nelsinho Baptista, como acusou o agora político.

– Primeiramente, eu pensei em ignorar, porque é tão absurdo que nem merece resposta. Mas pelos jogadores que vestiram a camisa do Santos comigo, pela história que esses jogadores têm, eu não posso ficar quieto nessa situação, totalmente mentirosa. Não teve isso que ele falou e não pode ter dúvidas, ficar no ar sem resposta. As pessoas corretas não podem ouvir isso sem repudiar o que esse cara falou – disse Ricardinho, atualmente comentarista da Globo.

Ricardinho atuou pelo Santos e foi campeão em 2004 — Foto: Agência o Globo

Ricardinho atuou pelo Santos e foi campeão em 2004 — Foto: Agência o Globo

Luizão se irritou com o que foi dito por Evandro Román. O ex-árbitro deu a declaração durante sessão da Comissão de Educação da Câmara, ao fazer uma analogia com a situação do presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável pela aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) – que teve uma debandada de servidores na semana passada, sob alegação de interferência na formulação do exame.

– Vou falar o que para esse cara? Ele cita um jogador. Quem é esse jogador que entregou, f… o Nelsinho? Infelizmente, nosso dia era ruim. Deu tudo errado. Se ele é árbitro, político hoje, por que não parou o jogo? Podia parar, né, quando você vê que alguém está fazendo algo errado. Lamentável. É porque o nosso time não vivia um grande momento. Um cara desses, sei lá… Não dá nem vontade de falar, né? Eu nem sabia que ele existia mais – disse Luizão.

– Ele tinha de falar quem é o jogador que estava manipulando tudo. Só tinha de falar isso. Eu saí no intervalo, infelizmente. Estava três já. Saí porque o Nelsinho resolveu mudar, mas não teve nenhuma briga entre a gente. O cara tem de respeitar o ser humano, tem uma carreira tão bonita. Em 2005, fiz cinco no Corinthians lá dentro (pelo São Paulo). Infelizmente, naquele dia deu tudo errado. O Brasil vendeu o 7 a 1 para a Alemanha? – completou.

ge também entrou com o goleiro Saulo, atualmente na Ferroviária, mas ele não quis se manifestar.

Luizão foi titular do Santos em 2005 — Foto: Carlos Velardi / EPTV

Luizão foi titular do Santos em 2005 — Foto: Carlos Velardi / EPTV

O ex-árbitro não citou o nome de quem ele aponta como líder do suposto conluio. Naquele jogo, o Santos jogou com a seguinte escalação: Saulo; Paulo César, Halisson (Wendell), Rogério e Kléber; Fabinho (Mateus), Heleno, Ricardinho e Giovanni; Geílson e Luizão (Basílio).

A partida foi realizada no Pacaembu. Tévez (três vezes), Nilmar (duas vezes), Marcelo Mattos e Rosinei fizeram os gols do Corinthians. Geílson marcou para o Santos.

Em 2005, Corinthians goleia Santos por 7 a 1 pelo Campeonato Brasileiro

Nelsinho não caiu depois da goleada. Só foi deixar o cargo duas semanas mais tarde, após derrota para o Brasiliense em Brasília.

Para o Corinthians, a vitória foi fundamental na caminhada que resultou na conquista do Brasileirão daquele ano.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas