Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Liga espanhola recusa multa rescisória de Neymar, e advogados tentam solução

Publicado

em

Liga espanhola recusa multa rescisória de Neymar, e advogados tentam solução

Representantes do craque vão à sede da Federação Espanhola, em Madri, não conseguem efetuar depósito de € 222 milhões, mas buscam “plano B” para garantir o negócio

A novela envolvendo a saída de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain ganhou um novo capítulo na manhã desta quinta-feira. Os advogados do jogador brasileiro estiveram na sede da liga espanhola para efetuar o depósito de um cheque no valor de ‎€ 222 milhões (cerca de R$ 820 milhões), referente à multa rescisória com o clube catalão e liberá-lo para assinar com os franceses. No entanto, a Federação Espanhola recusou o recebimento da quantia e adiou a possível transferência. Representantes do jogador, agora, pensam em um plano B para selar a milionária transação.

Neymar deixou o Barcelona na última quarta-feira (Foto: AFP)

Neymar deixou o Barcelona na última quarta-feira (Foto: AFP)

Na última semana, as cifras envolvendo a transferência de Neymar trouxeram à tona novamente a discussão em torno do Fair Play Financeiro – conjunto de normas impostas pela Uefa para evitar gastos astronômicos em contratações. No dia 28 de julho, o presidente da Liga Espanhola, Javier Tebas, havia ameaçado denunciar o Paris Saint-Germain caso a negociação fosse adiante. O dirigente teria sido um dos responsáveis por negar o pagamento da multa rescisória nesta quinta.

Perguntados sobre o motivo da recusa no pagamento da cláusula, representantes da Liga Espanhola não deram maiores explicações. Um dos envolvidos no caso de Neymar é o advogado brasileiro Marcos Motta, que representa o jogador na Fifa. Ele estava na sede da entidade e ajuda a dar uma solução para a conclusão do negócio. No momento, os representantes tratam como uma “questão jurídica” e tentam uma resolução ainda hoje.

Segundo o jornal Marca, da Espanha, a Liga Espanhola não poderia bloquear a saída de Neymar, uma vez que a cláusula de rescisão estaria sendo cumprida. Assim, é possível que a Fifa seja acionada e dê uma permissão provisória para a realização do negócio. Apesar da justificativa, o Fair Play Financeiro só poderia ser analisado pela Uefa e aplicado ao fim da janela de transferências, no dia 31 de agosto.

mais lidas