Siga nossa Redes

Diversão

Free Fire: SS e-Sports abre campeonato com três booyah seguidos e lidera com sobras

esportes

Publicado

em

Free Fire: SS e-Sports abre campeonato com três booyah seguidos e lidera com sobras

O campeão voltou com tudo. Iniciando a defesa de título da Liga Brasileira de Free Fire, a SS e-Sports deu show na primeira rodada da LBFF 4 neste sábado. Mesmo com o elenco reformulado, o time do técnico Metal sobrou no duelo entre organizações do grupos A e B e começou a disputa já com uma marca inédita da competição: três booyah consecutivos – a equipe ganhou os três primeiros mapas do dia. A SS acumulou 103 pontos ao todo e abre o torneio ocupando a liderança, logo à frente da segunda colocada Vivo Keyd (85) e da INTZ (62).

A SS veio para a LBFF 4 com uma escalação bastante diferente da edição passada, uma vez que Cauan (MVP da última etapa), Pão e Antunes foram alguns dos jogadores importantes que deixaram a organização. Apesar disso, a equipe ainda se mostrou impactante, com destaque para as atuações dos reforços MTS e Maxswell. Eles somaram 15 e 12 abates, respectivamente, sendo os jogadores com mais eliminações do dia – DeadGOD, da Vivo Keyd, também fez 12 kills.

A segunda rodada da LBFF 4 será disputada neste domingo, a partir das 13h (horário de Brasília). Mandantes do fim de semana, os times do grupo A (SS, Cruzeiro, INTZ, B4, LOUD e Fluxo) enfrentam os do C. Será a vez de Team Liquid, RED Canids, Santos, paiN Gaming, GOD e Meta Gaming estrearem nesta edição.

Confira como foi a 1ª rodada da LBFF 4:

 

Queda 1 – Booyah da SS (Purgatório)

 

Para abrir os trabalhos na LBFF, a FURIA aproveitou os primeiros minutos para contestar o posicionamento do Corinthians em Central e aplicou o squad wipe. E a Vivo Keyd fez o mesmo contra a Team oNe ao sul de Campsite. A região acabou sendo o ponto de afunilamento da zona de segurança, e a SS ficou sozinha no centro, enquanto os times iam caindo e o Cruzeiro ia, com sucesso, à caça de LOUD, Black Dragons, Flamengo e INTZ. Com o clube mineiro miado, os atuais campeões da LBFF não tiveram dificuldades em fechar a partida

.

Queda 2 – Booyah da SS (Kalahari)

 

A SS mostrou inteligência no segundo mapa e trouxe a primeira dose de emoção, aproveitando a demora da Team oNe numa das zonas de lançamento para protagonizar o primeiro squad wipe. Praticamente ao mesmo tempo, a B4 eliminou o Flamengo. A safe se fechou no campo aberto a leste de Ruínas, e as equipes foram forçadas a se movimentarem, abrindo espaço para jogadas como a granada de Jubinha que matou três do Cruzeiro. Com o quarteto completo, a SS parou a Black Dragons e, do outro lado da safe, pressionou a B4 no gás para obter mais um booyah e 13 abates na partida.

Queda 3 – Booyah da SS (Bermuda)

 

LOUD e Team oNe buscaram a Zona Perigosa em Bullseye, mas todos seguiram vivos. Trocação boa foi quando a B4 pegou o Cruzeiro em Pochinok enquanto a terceira safe se fechava. E no final da partida, a SS deu show novamente. Amassou o Corinthians, buscou a FURIA e subiu a montanha para aniquilar a Vivo Keyd, conseguindo mais um booyah, dessa vez com 12 eliminações.

Queda 4 – Booyah da INTZ (Purgatório)

 

Brasília ficou movimentada por conta da LOUD, que eliminou a Team oNe e deixou apenas Maxswell vivo na SS. No entanto, a INTZ apareceu e mandou Cauan e companhia para o lobby. Enquanto isso, Maxswell conseguiu uma sexta colocação para a SS. Na rotação de rotina de Forge para Brasília, a Vivo Keyd papou eliminações, especialmente contra Black Dragons e Corinthians, e chegou forte para a disputa contra FURIA, INTZ e Fluxo. Com uma bala, Vazily tirou todo o Fluxo do páreo, e os Intrépidos só aguardaram o melhor momento para limpar o mapa.

Queda 5 – Booyah da Vivo Keyd (Kalahari)

 

Cruzeiro e SS agitaram o início de jogo, eliminando Flamengo e FURIA, respectivamente. Com noção do posicionamento dos adversários, ambas as equipes chegaram às últimas safes, mas foi a vez da Vivo Keyd brilhar. Enquanto a SS caiu em terceiro lugar sendo prejudicada pelo gelo, Modestia acelerou para cima dos jogadores do clube mineiro e garantiu o booyah para a Vivo Keyd.

Queda 6 – Booyah do Cruzeiro (Bermuda)

 

A Team oNe foi desafiada pela LOUD assim que caiu em Graveyard e deixou apenas Will vivo. Em seguida, eliminou a FURIA na empolgação. Com a safe se fechando em Peak, os Golden Boys pararam no meio de tantos jogadores brigando por posicionamento. SS, Corinthians, Cruzeiro e INTZ batalharam até a última safe, que afunilou no campo aberto, e Nativa, protegido pelo gel, disparou contra os adversário para dar o booyah para a Raposa.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas