Siga nossa Redes

Política

Justiça Eleitoral dá direito de resposta a Covas contra Boulos

Redação SP

Publicado

em

Justiça Eleitoral dá direito de resposta a Covas contra Boulos

O uso de imagens de 2014 para induzir o eleitor, acabou tirando o tempo de TV do candidato do PSOL

Por Jair Viana

A Justiça Eleitoral concedeu direito de resposta ao candidato Bruno Covas (PSDB) contra seu adversário Guilherme Boulos (PSOL). O caso envolveu o uso de imagens antigas de uma estação de Metrô lotada e cenas de enchentes em São Paulo.

A campanha de Guilherme Boulos usou imagens antigas da capital paulista para produzir um vídeo usado nas redes sociais, criticando o governo do atual prefeito, Bruno Covas, e do ex-prefeito e atual governador, João Doria (PSDB). As imagens, que são de 2014, mostram uma estação de metrô lotada e um ônibus que já está fora de circulação.

Segundo a defesa de Covas, o objetivo era falar sobre os problema das enchentes e dos transporte coletivo, mas as imagens não correspondem com a narrativa. Na decisão, o juiz afirma que a campanha de Boulos sabia sobre essa situação e assumiu o risco.

O Diário tentou ouvir Guilherme Boulos, mas ele não atendeu às chamadas telefônicas e nem respondeu mensagens. Assessoria de Bruno Covas, procurada, também não havia se manifestado até o fechamento desta reportagem.

Publicidade

mais lidas