Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Jogador dos Packers perde corrente com as cinzas do pai após touchdown

Publicado

em

Jogador dos Packers perde corrente com as cinzas do pai após touchdown

Aaron Jones, running back que anotou quatro touchdowns, entrou em campo com uma corrente contendo as cinzas do pai, que morreu recentemente

O running back Aaron Jones foi o grande nome da vitória do Green Bay Packers por 35 x 17 sobre o Detroit Lions, na última segunda-feira na NFL. Responsável por quatro dos cinco touchdowns do time, o camisa 33 prestou homenagem ao pai, recém-falecido, entrando em campo com um cordão contendo as cinzas dele (veja nas fotos abaixo).

Aaron Jones com o cordão em homenagem ao pai — Foto: Larry Radloff/Icon Sportswire via Getty Images

Aaron Jones com o cordão em homenagem ao pai — Foto: Larry Radloff/Icon Sportswire via Getty Images

Aaron Jones com o cordão em homenagem ao pai — Foto: Larry Radloff/Icon Sportswire via Getty Images

Aaron Jones com o cordão em homenagem ao pai — Foto: Larry Radloff/Icon Sportswire via Getty Images

Porém, Jones perdeu a peça após o segundo touchdown que anotou na partida. O cordão arrebentou assim que o RB entrou na endzone. Após a partida, o jogador chegou a comentar sobre a questão em entrevista coletiva.

“Se tinha algum lugar para eu perder as cinzas do meu pai, ele iria querer mesmo que fosse na endzone”, afirmou o astro de Green Bay.

 

Às 03h (de Brasília), horas depois do fim das atividades no Lambeau Field, um dos treinadores dos Packers voltou ao campo em busca da peça perdida. Foram alguns minutos buscando exatamente na área onde Jones recebeu o touchdown até encontrar.

Aaron, ao lado do xará Rodgers, é uma das peças principais de um Green Bay Packers que tenta superar uma pré-temporada conturbada e voltar aos trilhos para sonhar com o Super Bowl. Uma das franquias mais antigas da NFL, os cabeças de queijo sonham com o 5º título de sua história desde a unificação.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas