Siga nossa Redes

Esportes

Jogada de quatro pontos no fim e cravada após driblar cinco marcam noite da NBA

Redação SP

Publicado

em

Jogada de quatro pontos no fim e cravada após driblar cinco marcam noite da NBA

Bradley Beal faz cesta de três e sofre a falta a seis segundos do fim, com o seu time, os Wizards, perdendo por três pontos; Terence Ross, do Magic, driblou o time adversário inteiro até cravar

A sexta-feira foi cheia na NBA, com a realização de nove partidas. O grande destaque da noite foi Bradley Beal, que conseguiu uma daquelas jogadas impossíveis. O Washington Wizards perdia por três pontos a seis segundos do fim, ele conseguiu fazer a cesta e ainda sofrer a falta, protagonizando um ataque de quatro pontos e a virada contra os Warriors.

Jogada de quatro pontos

 

No duelo entre Washington Wizards e Golden State Warriors, algo bastante incomum, principalmente se tratando de momentos decisivos do jogo. Beal mandou de três e ainda sofreu a falta com seis segundos para o final, fazendo uma jogada de quatro pontos e virando o placar para os Wizards.

Beal faz cesta no finzinho

Beal faz cesta no finzinho

Passou por todo mundo

 

Terrence Ross passou pelos cinco adversários até enterrar e marcar dois pontos para o Orlando Magic contra o Indiana Pacers.

Ross passa por cinco jogadores e enterra para o Magic

Ross passa por cinco jogadores e enterra para o Magic

No finzinho

 

D’Angelo Russell, do Minnesota, conseguiu uma bola de três faltando seis segundos contra o Boston Celtics e levou o jogo para a prorrogação.

Russell faz de três e leva jogo para prorrogação

Russell faz de três e leva jogo para prorrogação

Que passe!

 

Karl-Anthony Towns dá passe de costas para cravada de Anthony Edwards

Karl-Anthony Towns dá passe de costas para cravada de Anthony Edwards

Karl Anthony Towns, de costas, dá lindo passe para Anthony Edwards enterrar a anotar dois pontos para o Minnesota contra o Boston.

O primeiro desde Larry Bird

 

Jayson Tatum se tornou o primeiro jogador do Boston Celtics desde 12 de maio de 1985 a fazer 53 pontos ou mais em uma partida. Na ocasião, há 36 anos, Larry Bird anotou 60. Nesta sexta-feira, o time venceu por 145 x 136 o Minnesota Timberwolves.

25 pontos seguidos

 

Zach Lavine, do Chicago Bulls, terminou a partida com 50 pontos, e se tornou o primeiro jogador da franquia desde Michael Jordan a alcançar essa pontuação em um jogo no qual acabou derrotado. O Atlanta Hawks saiu vitorioso do duelo. Em um momento, Zach marcou 25 pontos seguidos do segundo quarto.

 

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte

Publicidade
Publicidade

mais lidas