Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

João de Deus é levado de presídio para prestar depoimento no Ministério Público de Goiás por suspeita de abusos sexuais

Publicado

em

João de Deus é levado de presídio para prestar depoimento no Ministério Público de Goiás por suspeita de abusos sexuais

Promotores precisam concluir denúncia contra o médium até domingo. Ele nega as acusações.

Suspeito de abusos sexuais, João de Deus é levado, nesta quarta-feira (26), do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, para prestar depoimento na sede do Ministério Público de Goiás, em Goiânia. Os promotores precisam encaminhar, até domingo, a denúncia ao Poder Judiciário.

Os promotores iniciaram uma força-tarefa para apurar as denúncias contra o médium após os casos virem à tona no programa Conversa com Bial, no início de dezembro. Até esta quarta-feira (26), os promotores colheram 77 depoimentos de mulheres. Outro relato está previsto para esta tarde.

O MP-GO deve juntar o caso que a Polícia Civil concluiu com outras três denúncias que recebeu para oferecer a primeira denúncia contra o médium. O documento deve ser entregue ao Poder Judiciário até domingo (30), que é o prazo legal.

João de Deus é retirado de presídio e levado em comboio até a sede do Ministério Público de Goiás, em Goiânia — Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

João de Deus é retirado de presídio e levado em comboio até a sede do Ministério Público de Goiás, em Goiânia — Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Operações da Polícia Civil e do MP-GO realizadas, em dois dias, encontraram R$ 1,6 milhão em espécie, armas, medicamentos e pedras que parecem ser preciosas em endereços ligados a João de Deus. Devido às apreensões, o médium teve um 2º mandado de prisão deferido, desta vez por posse ilegal de arma de fogo.

O médium já prestou depoimento à Polícia Civil de Goiás, mas deve ser ouvido novamente pela própria corporação e pelo MP-GO. Os promotores pretendem realizar o interrogatório do médium nesta semana para, em seguida, denunciá-lo.

mais lidas