Siga nossa Redes

Destaque

Inter tem dois gols anulados, não sai do zero contra Corinthians e fica com vice do Brasileirão; assista ao pós-jogo

esportes

Publicado

em

Inter tem dois gols anulados, não sai do zero contra Corinthians e fica com vice do Brasileirão; assista ao pós-jogo

Colorado conta com vitória do São Paulo sobre o Flamengo, mas não consegue fazer gol no Timão; gols anulados e pênalti desmarcado após VAR deixam gosto amargo e tiram chance de título após 41 anos

Inter tenta, mas fica com vice

 

Internacional teve dois gols bem anulados por impedimento, um pênalti desmarcado após consulta ao VAR, não saiu do zero contra o Corinthians e perdeu a chance de voltar a conquistar o Campeonato Brasileiro após 41 anos. O 0 x 0 da noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, teve gosto amargo e fez os jogadores desabarem logo após o apito final – ainda mais porque o São Paulo venceu o Flamengo no Morumbi, resultado que fazia o Colorado depender apenas de suas próprias forças para ser campeão. O gol de Edenílson, principalmente, aos 51 do segundo tempo, fez o Beira-Rio explodir mesmo (quase) vazio – membros da diretoria e jogadores não relacionados foram os responsáveis pela festa momentânea. A anulação derrubou de vez o elenco, que agora começa a temporada 2021 tentando superar a decepção na reta final do Brasileirão.

 

Gosto amargo

 

A reação dos jogadores do Inter após o fim do jogo, foi, claro, de choro e decepção absoluta. O time de Abel Braga fez um Brasileirão com autoridade, sempre entre os líderes, e assumiu a ponta na reta final – posição que manteve até a penúltima rodada, quando perdeu para o Flamengo no Maracanã. O campeonato foi perdido por apenas um ponto: 71 a 70 a favor dos rubro-negros.

Fala, Patrick!

 

Um dos melhores jogadores do Inter no campeonato se emocionou após a partida. Veja o depoimento:

Visivelmente abalado, Patrick lamenta empate e título perdido: "Faltou o gol"

Visivelmente abalado, Patrick lamenta empate e título perdido: “Faltou o gol”

Central do Apito

 

Foram três lances capitais: o primeiro deles um pênalti marcado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio após toque da bola no braço de Ramiro – a comentarista Nadine Basttos disse que a marcação foi correta. No entanto, após análise do VAR, Wilton voltou atrás e anulou o lance, gerando reclamações dos colorados. Depois, dois gols bem anulados por impedimento: um de Yuri Alberto, no primeiro tempo, outro de Edenílson, nos acréscimos da segunda etapa.

 

Pênalti anulado! Arbitragem marca penalidade em toque no braço de Ramiro, mas após VAR, decisão é revertida, aos 35 do 1º

Pênalti anulado! Arbitragem marca penalidade em toque no braço de Ramiro, mas após VAR, decisão é revertida, aos 35 do 1º

Milhões a menos

 

O Corinthians conseguiu estragar os planos do Inter de conquistar o Brasileirão, mas o empate não foi bom. Garantiu apenas a 12ª posição na tabela e uma premiação de R$ 14 milhões. A equipe de Vagner Mancini poderia ter terminado até em nono, a depender da combinação de resultados, o que aumentaria esse valor

para quase R$ 21 milhões.

Autor de grandes defesas, Cássio diz: "Queríamos fazer o melhor pelo Corinthians"

Autor de grandes defesas, Cássio diz: “Queríamos fazer o melhor pelo Corinthians”

Primeiro tempo

 

Mesmo brigando pelo título, o Inter teve um início morno, com a posse de bola, mas sem invadir o último terço do campo ou levar perigo ao gol de Cássio. Foi do Corinthians a primeira boa chance, num chute de Ramiro, rapidamente respondida em finalização de Edenílson. O Colorado aumentou o volume na segunda metade e conseguiu encontrar espaços, principalmente pelo lado direito da defesa corintiana. Num erro de Roni, Moisés escapou sozinho e cruzou para trás – Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti após toque no braço de Ramiro, mas voltou atrás ao consultar o VAR. Depois, Yuri Alberto abriu o placar ao receber de Patrick e tocar na saída de Cássio. O centroavante, porém, estava impedido, e o lance foi anulado. Alegria mesmo só com o gol do São Paulo sobre o Flamengo, no Morumbi.

Não valeu! Yuri Alberto marca, mas recebe passe em impedimento, aos 44 do 1º

Não valeu! Yuri Alberto marca, mas recebe passe em impedimento, aos 44 do 1º

Segundo tempo

 

O Inter começou na pressão, principalmente pelos lados – e assim criou uma ótima chance em cruzamento que encontrou Edenílson, mas Cássio fez grande defesa. Na sequência, Caio Vidal acertou um chute na trave. No entanto, o melhor momento do Colorado parou por aí. O Corinthians “cozinhou” a partida, lançou nomes como Léo Natel e Mateus Vital e conseguiu não só ter mais posse de bola, mas também levar perigo em alguns momentos. No melhor deles, Léo Natel cruzou, e Jô se esticou todo para tentar alcançar a bola, em vão. Extenuado, o Inter não teve cabeça e nem pernas para criar uma chance para o gol salvador – teve mais um anulado, de Edenílson, e perdeu uma oportunidade final com Lucas Ribeiro. Contou com o resultado que precisava em São Paulo x Flamengo, mas não conseguiu fazer a lição de casa e encerrar um jejum de 41 anos sem títulos brasileiros.

 

Não valeu! Edenilson marca, mas está impedido, aos 51 do 2º

Não valeu! Edenilson marca, mas está impedido, aos 51 do 2º

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas