Siga nossa Redes

Cidades

Incêndio atinge área de garimpo ilegal de chumbo em Sorocaba

Dia a Dia

Publicado

em

Incêndio atinge área de garimpo ilegal de chumbo em Sorocaba

Corpo de Bombeiros tem base próxima ao local e trabalha no combate às chamas. TV TEM e G1 de denunciaram a busca ilegal por chumbo no terreno da antiga fábrica de baterias Satúrnia.

Um incêndio atingiu a área onde funciona um garimpo ilegal de chumbo no bairro Iporanga, em Sorocaba (SP), nesta terça-feira (21).

Equipes do Corpo de Bombeiros se mobilizaram para combater as chamas no terreno da antiga fábrica de baterias Satúrnia, e na multinacional Johnson Controls, que também teve a área atingida pelo fogo.

Bombeiros trabalharam por horas no combate às chamas no terreno de garimpo ilegal em Sorocaba (Foto: Witter Veloso/TV TEM)

Bombeiros trabalharam por horas no combate às chamas no terreno de garimpo ilegal em Sorocaba (Foto: Witter Veloso/TV TEM)

Segundo a corporação, durante a manhã as equipes estiveram no local para combater um incêndio na área verde localizada nos fundos da empresa desativada. Os oficiais ficaram uma hora no local.

Pouco tempo depois, no fim da manhã, as equipes foram acionadas novamente para atender outro incêndio. Ainda conforme os bombeiros, a suspeita é de que alguém tenha ateado fogo em entulho, por isso a fumaça é escura.

Os bombeiros ainda explicaram que o incêndio não oferece riscos a moradores próximos. A equipe da TV TEM esteve no local e viu que representantes da Companhia Ambiental do Estado (Cetesb) estiveram na área e foram verificar o incêndio.

Vereadores de Sorocaba aprovaram por unanimidade nesta terça-feira a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a situação do terreno da Satúrnia. A previsão do presidente da Comissão de Meio Ambiente, João Donizete (PSDB), é de que os membros sejam escolhidos nos próximos dias e os trabalhos comecem na semana que vem.

Segundo ele, o relatório deve ser elaborado em até um mês, pois considera um caso urgente. A comissão da Câmara presidida pelo vereador apurou o caso em março deste ano. Na época, a preocupação era sobre a possível contaminação de solo e água na região.

Área mostra como o solo ficou revirado após ação de 'garimpeiros' em Sorocaba  (Foto: Witter Veloso/TV TEM)

Área mostra como o solo ficou revirado após ação de ‘garimpeiros’ em Sorocaba (Foto: Witter Veloso/TV TEM)

Garimpo ilegal

A busca ilegal por chumbo no terreno da fábrica de bateriais Satúrnia, fechada em 2011, foi mostrada no Fantástico de domingo (20). Com câmeras escondidas, os repórteres da TV TEM e do G1 flagraram dezenas de pessoas escavando o terreno, na semana passada.

Sem saber que estava sendo filmado, um homem, que teve a identidade preservada, explicou que ferro-velho compra o material puro por até R$ 4 o quilo. Após a denúncia, e de saberem o risco que corriam no local, garimpeiros voltaram ao terreno nesta segunda-feira (20).

A Companhia Ambiental do Estado (Cetesb) informou que multou os responsáveis pela massa falida da Saturnia em R$ 257 mil pela contaminação do terreno e falta de providências para eliminar o risco potencial a saúde.

A Secretaria de Meio Ambiente também foi notificada pelo órgão para acelerar o processo afim de eliminar a situação de risco. Já o Ministério Público disse que vai pedir que a Prefeitura de Sorocaba interdite o terreno da antiga fábrica. Na área, no bairro Iporanga, há restos de baterias e lixo tóxico.

A Prefeitura de Sorocaba determinou no fim da tarde que a massa falida da empresa feche o local onde operava e que impeça o acesso de catadores. Ainda segundo a nota, outras medidas ainda serão estudadas junto com o Ministério Público.

A Justiça decretou nesta segunda-feira que a Polícia Militar faça rondas na área para evitar a extração ilegal de materiais.

Publicidade
Publicidade

mais lidas