Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Economia

Imóveis públicos serão colocados à venda pelo governo de SP para estimular turismo

Publicado

em

Imóveis públicos serão colocados à venda pelo governo de SP para estimular turismo

Para especialista, governo deve informar onde vai investir com desoneração e atuar para que valorização do Centro não expulse os mais vulneráveis.

A gestão João Doria (PSDB) lançou um portal que é um catálogo para oferecer imóveis no estado de São Paulo a investidores. A iniciativa é da Secretaria de Turismo (Setur), e os locais devem necessariamente receber empreendimentos turísticos.

No site, cada um dos endereços conta com foto, vídeo, tamanho, potenciais de investimento, status da documentação e caracterização (se é “greenfield” – terreno, “greyfield” – prédio desocupado ou “operation” – negócios em operação).

Há também a indicação de quais empreendimentos seriam mais adequados para cada local, como lugares mais interessantes para hotéis, resorts, centros de exposição, parques temáticos e revitalização de prédios históricos, além de cafés e coworking.

Para começar, técnicos da Setur e da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (InvestSP) mapearam 50 áreas no Vale do Ribeira, no Litoral Norte, no Litoral Sul e no Centro da capital (Sé e República) com potencial para investimento em turismo.

Vinicius Lummertz, secretário estadual de Turismo, explicou ao G1 que o objetivo é melhorar o acesso de quem deseja investir no estado para fomentar a economia dessas regiões.

“Turismo é uma indústria e o maior empregador do mundo – em 2018, o setor representava 20% dos postos de trabalho do planeta. Uma cidade como Gramado, com 36 mil habitantes, recebe 6 milhões de visitantes por ano com o turismo. É uma forma de preservar a cultura, a história e a natureza, ao mesmo tempo em que permite que a comunidade preste serviço e venda seus produtos”, argumentou o secretário.

Um dos imóveis oferecidos, por exemplo, é um mirante público em Caraguatatuba, no litoral norte. O site informa que a área é indicada para hotel, restaurantes ou centro comercial.

Antes de focar nas oportunidades imobiliárias, a pasta anunciou, no ano passado, o projeto Rotas Cênicas, com o objetivo de implantar passarelas elevadas, mirantes, e postos de parada e informações ao longo das estradas, como é feito em cidades como Canela, no Rio Grande do Sul.

“Queremos colocar o turismo no centro da estratégia do estado de São Paulo, como fazem França, Japão e Itália. Paris precisa do Louvre, assim como Madri precisa do Prado. Onde tem turismo, não tem desemprego; a questão é fomentar”, continuou Vinicius Lummertz.

O novo portal da Secretaria de Turismo também apresenta possibilidades de locação, em vez da compra, e inclui propriedades privadas que, de acordo com a Setur, foram indicadas com o auxílio do Secovi-SP, sindicato do mercado imobiliário, e de prefeituras.

Fazenda São João Batista, em Itariri, na região de Santos, é um dos imóveis privados anunciados no novo site do governo do estado — Foto: Reprodução/Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo
Fazenda São João Batista, em Itariri, na região de Santos, é um dos imóveis privados anunciados no novo site do governo do estado — Foto: Reprodução/Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo

.

.

G1

mais lidas