Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Idoso é esfaqueado durante tentativa de assalto na Santa Cecília, região central de SP

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Um idoso foi esfaqueado durante uma tentativa de assalto na Avenida Angélica, região central de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (25). A vítima, Tercival Marcolino Viana, de 63 anos, é um vigilante desempregado que mora na Santa Cecília há mais de 30 anos.

Os roubos no bairro cresceram 137% no mês de abril em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Na comparação com abril de 2019, antes da pandemia, o aumento foi de 24,57%.

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o assaltante puxou da cintura uma faca de cozinha e abordou Tercival. Caído no asfalto, ele levou chutes e facadas. O motorista de um carro de entregas, que estava logo atrás, reagiu e lutou com o bandido.

Outros dois homens ajudaram a dominar o agressor até a Polícia Militar chegar. Ainda na calçada, o vigilante foi atendido por policiais civis que passavam e levado para o hospital com quatro perfurações no abdome e nas costas.

A mulher de Tercival, a cuidadora de idosos Lúcia Viana, contou que está cada vez mais amedrontada pelo aumento da violência na região.

“Você fica trancado dentro de casa com medo. Uma hora que você sai para ir no banco pagar uma conta, vem um cara e faz um absurdo desse. É triste, é lamentável. A gente tem medo de andar na rua. Medo porque a gente não sabe o que pode acontecer”, disse Lúcia.

O motorista que ajudou Tercival disse que percebeu que o bandido tinha deixado a faca cair no chão. Ele admitiu que correu um grande risco.

“O que eu fiz foi arriscado? Foi, mas salvei uma vida da pessoa. Poderia ser a minha, que trabalho na rua”, disse o motorista.

 

O diretor do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) afirmou que quem reage sempre corre risco.

“A população não deve reagir nem para a segurança de terceiro. Ele correu total risco, mas de fato ele conseguiu ter êxito de salvar a vida da vítima. A gente orienta a não reagir, nem contra si próprio, nem contra terceiro. A polícia existe para isso”, disse Artur Dian, diretor do Dope.

O suspeito de tentar assaltar o motociclista, Gabriel de Oliveira Afonso, de 25 anos, foi preso em flagrante por tentativa de latrocínio, o roubo seguido de morte. Ele acumulou em cinco anos outras prisões por furtos, roubo, tráfico de drogas, ameaça e resistência à prisão, mas não chegou a cumprir pena por esses crimes.

Em nota, a SSP disse que o caso foi encaminhado para o 2º DP (Bom Retiro) e que a prisão em flagrante ocorreu durante uma ação da Operação Sufoco, que visa diminuir a criminalidade na capital.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
G1

mais lidas