Destaque Principal Geral

Homem causa incêndio no próprio supermercado para ‘acabar com o coronavírus’

Redação
Escrito por Redação

O incendiário teve um prejuízo de R$3,8 milhões e foi condenado a cumprir 1 ano e 4 meses de prisão; no entanto, sentença está suspensa

Edward Mason, 57 anos, dono de um supermercado em Bruce Rock, na Austrália, resolveu causar um incêndio em seu próprio supermercado. O motivo, segundo ele, era “acabar com o novo coronavírus e proteger os clientes”.

Segundo o proprietário, ele ficou “obcecado” após clientes manifestarem preocupações com a higiene no supermercado. A preocupação aumentou ainda mais quando Edward percebeu que os clientes cada vez mais compravam álcool em gel.

O caso ocorreu em março, mas a confissão do crime só veio esta semana, durante a audiência em que Edward foi acusado. O proprietário afirmou ter fumado oito cachimbos de maconha antes de atear fogo no estabelecimento.

Segundo a ABC News , o prejuízo chegou a R$ 3,8 milhões. O dono do supermercado foi condenado a 1 ano e 4 meses de prisão , mas a sentença foi suspensa pelo fato de Edward não ter antecedentes criminais e estar muito abalado com a pandemia, determinou o juíz.

 

 

 

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: