Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Gustavo Henrique e Bruno Henrique, do Flamengo, criticam presidente do Santos

Publicado

em

Gustavo Henrique e Bruno Henrique, do Flamengo, criticam presidente do Santos

Gustavo Henrique teceu duras críticas ao presidente do Santos, José Carlos Peres. Em suas redes sociais, o ex-zagueiro do Peixe respondeu aos comentários do mandatário, que concedeu entrevista recentemente e o chamou de “sem caráter”.

Na nota oficial, o agora defensor do Flamengo faz questão de lembrar o respeito e admiração que tem pelo Santos, mas deixou claro que não quer se relacionar com o dirigente.

“Dei prioridade ao Santos desde o meio do ano passado, quando poderia ter assinado um pré-contrato com outro clube, e não o fiz, estive a todo momento à disposição para conversar e negociar, fui capitão do time com muito honra e orgulho, mas os ciclos se encerram. E isso não é sinônimo de desrespeito ao clube”, escreveu.

Momentos depois, o atacante Bruno Henrique, que também atuou pelo Santos e teve problemas com o presidente, saiu em defesa do companheiro de equipe.

“Ele fez a mesma coisa comigo irmão, falou notícias falsas que eu não falei e não fiz para me colocar como o errado da história, colocando a torcida do Santos contra mim também para ele depois sair como certo da história e eu como o errado. Deus tarda, mas não falha. Fica tranquilo, quem te conhece sabe a pessoa que você é. Tamo junto, seremos felizes”, completou o artilheiro.

Abaixo, confira a nota de Gustavo Henrique na íntegra:

“Fiquei espantado com uma notícia veiculada hoje na imprensa. O presidente do Santos, clube pelo qual tenho um carinho grande, fui criado, sempre respeitei e fui muito feliz, deu declarações denegrindo minha imagem.( me chamando de “mau caráter “ )

Meu contrato com o Santos foi cumprido rigorosamente. Todas as minhas obrigações e deveres foram feitos. Me espanta o presidente voltar à tona agora um assunto que já foi encerrado há quatro meses e de maneira diferente do que ele disse.

Dei prioridade ao Santos desde o meio do ano passado, quando poderia ter assinado um pré-contrato com outro clube, e não o fiz, estive a todo momento à disposição para conversar e negociar, fui capitão do time com muito honra e orgulho, mas os ciclos se encerram. E isso não é sinônimo de desrespeito ao clube.

É só perceber que dirigentes de outros times, técnicos que passaram pelo clube e todo mundo que tem relação com este senhor, sempre reclamam de sua postura.

Estou muito feliz no Flamengo e acredito que neste momento, uma entrevista como essa soa como oportunismo, até porque o período eleitoral do Santos Futebol Clube está se aproximando. Quem me conhece sabe do meu caráter e não é uma pessoa como ele que vai dizer quem eu sou.

Novamente agradeço ao clube e tenho um carinho muito grande pela torcida que entendeu meus motivos e decidi ir para um lugar que seria melhor para mim e para minha família naquele momento. Agora estou trabalhando em outro local, com a mesma determinação que sempre tive em minha carreira e por respeito total ao Santos não quero nenhum tipo de relação com este senhor que ocupa o cargo de presidente e não teve suas contas aprovadas e já teve que passar até por processo de impeachment. Sem mais”.

 

 

 

 

 

 

 

 

GAZETA ESPORTIVA

mais lidas