Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Guarda atingida em tiroteio após assalto fala sobre recuperação: ‘Logo mais estarei de volta’

Publicado

em

Guarda atingida em tiroteio após assalto fala sobre recuperação: 'Logo mais estarei de volta'

Tássia Tomoda Dourado levou um tiro na barriga no tiroteio no Centro de Rio Preto no último sábado (15). Polícia já prendeu dois assaltantes. Câmera registrou tiroteio.

A guarda municipal Tássia Tomoda Dourado, atingida por um tiro na barriga durante o tiroteio após assalto a joalheria no Centro de São José do Rio Preto (SP), falou nesta sexta-feira (21), ainda internada no Hospital de Base, sobre a recuperação dela.

“Estou bem, e logo mais eu estarei de volta, firme e forte, para continuar o serviço que a gente gosta tanto e admira tanto que e a Guarda Civil Municipal de Rio Preto”, disse a guarda no vídeo.

Tássia ainda agradeceu as pessoas que torceram para a recuperação dela, que está internada desde sábado (15) no HB e depois de passar por cirurgias e ficar na UTI. “Queria agradecer a corrente de orações que todo mundo tem feito por mim, nas redes sociais, principalmente, e lembrar que sábado vamos ter caminhada pela paz em nome do Pedro Henrique”, afirma.

Pedro Henrique Bueno é o jovem de 17 anos que estava passeandono Calçadão durante o tiroteio e acabou sendo atingido por uma bala perdida. Além de Pedro e da Tássia, outro guarda municipal foi baleado: Cleiton Gomes também segue internado em um quarto, na Santa Casa de Rio Preto, se recuperando das cirurgias após levar um tiro no braço e outro na perna.

Tássia aparece caída no chão no tiroteio após assalto a joalheria em Rio Preto (Foto: Reprodução)

Tássia aparece caída no chão no tiroteio após assalto a joalheria em Rio Preto (Foto: Reprodução)

Prisão dos criminosos

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (21) o segundo suspeito de fazer parte da quadrilha responsável pelo assalto a joalheria e pelo tiroteio. Ele, segundo a polícia, teria planejado a logística do assalto e foi preso em São Paulo. O suspeito não estaria no local no dia do tiroteio, segundo a polícia.

Já nesta quinta-feira (20), a polícia prendeu na Baixada Santista o primeiro suspeito do crime. Ele não teve o nome divulgado pela polícia porque poderia atrapalhar no restante das investigações. Os outros criminosos identificados são, segundo a polícia: Rosinaldo Vieira dos Santos e Roberto Ferreira Neto.

Caso

Câmeras de segurança registraram a ação dos criminosos, que também deixou dois guardas municipais feridos. Nas imagens é possível ver o momento em que um carro estaciona em frente a loja que foi assaltada. Três ladrões descem, o carro faz o retorno e estaciona do outro lado da rua.

Dentro da joalheria, os assaltantes rendem as funcionárias e pegam joias, semijoias e relógios. Ao saber do assalto, dois guardas municipais se aproximam, descem da bicicleta e, neste momento, um dos criminosos que estava no carro desce, atravessa a rua e atira contra os dois.

De acordo com a polícia, são pelo menos cinco suspeitos, três que estavam dentro da joalheria e dois que os esperavam em um carro do lado de fora. A polícia diz que foi um destes dois que começou os disparos.

Durante a tarde de sábado, dois homens foram detidos suspeitos de cometerem o crime, prestaram depoimento, negaram a participação no crime e foram liberados.

mais lidas