Siga nossa Redes

Polícia

Governo de SP inaugura divisão policial com delegacias especializadas no combate a crimes cibernéticos

esportes

Publicado

em

Governo de SP inaugura divisão policial com delegacias especializadas no combate a crimes cibernéticos

Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER) e suas quatro delegacias funcionarão no Palácio da Polícia Civil, no centro da capital. Ela foi inaugurada na sexta (18). Antes, existia apenas uma delegacia especializada no estado.

O governo de São Paulo inaugurou nesta semana uma divisão da Polícia Civil com quatro delegacias especializadas no combate a crimes cibernéticos. Antes, existia apenas uma delegacia que investigava fraudes cometidas por meios eletrônicos.

O governador João Doria (PSDB) criou a nova unidade policial em 15 de outubro, mas a sua inauguração oficial ocorreu somente na sexta-feira (18). A Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCIBER) funciona no 16º andar do Palácio da Polícia Civil, no Centro.

A DCCIBER é subordinada ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), na Zona Norte da capital paulista.

A Divisão comandará as seguintes delegacias especializadas:

  • 1ª Delegacia sobre Fraudes contra Instituições Financeiras praticadas por meios eletrônicos;
  • 2ª Delegacia sobre Fraudes contra Instituições de Comércio Eletrônico;
  • 3ª Delegacia sobre Violação de Dispositivos Eletrônicos e Redes de Dados;
  • e a 4ª Delegacia de Lavagem e Ocultação de Ativos Ilícitos por meios eletrônicos.

Além das quatro delegacias especializadas, a Divisão de Crimes Cibernéticos terá o Centro de Inteligência Cibernética (CIC) e o Laboratório Técnico de Análises Cibernéticas (Lab-TAC).

O decreto assinado pelo governador em outubro também extinguiu a 4ª Delegacia de Investigações sobre Fraudes Patrimoniais Praticadas por Meios Eletrônicos que ficava no Deic. Até então ela era a única delegacia especializada em crimes cibernéticos no estado.

Divisão de Crimes Cibernéticos funcionará no Palácio da Polícia Civil, no Centro de São Paulo — Foto: Divulgação/Polícia Civil de SP

Divisão de Crimes Cibernéticos funcionará no Palácio da Polícia Civil, no Centro de São Paulo — Foto: Divulgação/Polícia Civil de SP

“Essa é a mais moderna e eficiente delegacia de crimes cibernéticos do país. Um trabalho pioneiro. Um divisão como esta evita o crime e se ele ocorrer terá instrumentos para identificar e prender o criminoso”, disse Doria, que fez a inauguração da DCCIBER de maneira virtual.

A Divisão de Crimes Cibernéticos é comandada pelo delegado Gaetano Vergine, que a classifica como “uma superestrutura contra os cibercriminosos”.

“A função da Divisão é focar na organização criminosa. Quando se combate a organização criminosa diminui o número de vítimas“, falou Gaetano ao G1.

Segundo o delegado, a unidade especializada já registrou 93 boletins desde o início do seu funcionamento e atualmente possuí 620 inquéritos policias em andamento.

.

.

.

G1 – Globo.

Publicidade

mais lidas