Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Governo de SP fará busca ativa nas escolas para acelerar vacinação de crianças e 2ª dose em adolescentes

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

O governo de São Paulo fará uma busca ativa nas escolas para ampliar a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 e a aplicação da segunda dose nos adolescentes. Postos volantes serão montados dentro de escolas públicas e privadas para facilitar a imunização desse público.

A ação, chamada de ‘Semana E’, irá ocorrer entre os dias 19 e 25 e deverá ser organizada pelas secretarias municipais de saúde.

“Nós temos um público ainda que não retornou para tomar a segunda dose, dentre eles, mais de 1 milhão de adolescentes que estão no Ensino Médio. Então, é muito importante também que a gente possa fazer essa busca ativa nas escolas também neste momento. Vacinar as crianças de 5 a 11 anos, mas também olhar para esses adolescentes que estão nesses ambientes”, disse, em entrevista coletiva nesta quarta (16), a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

Segundo a coordenadora do PEI, os pais não precisarão estar presentes, mas deverão assinar o termo de concordância.

"Semana E" de vacinação de crianças nas escolas de São Paulo.  — Foto: Divulgação/Governo de SP

“Semana E” de vacinação de crianças nas escolas de São Paulo. — Foto: Divulgação/Governo de SP

Nesta quarta-feira (16), o estado de São Paulo atingiu 60% da vacinação de crianças de 5 a 11 anos do estado.

Cerca de 2,4 milhões de doses para esse grupo elegível já foram aplicadas, segundo o governo do estado.

 

Governador de SP participa de ações do Dia C da vacina contra a Covid em crianças  — Foto: Reprodução/TV Globo

Governador de SP participa de ações do Dia C da vacina contra a Covid em crianças — Foto: Reprodução/TV Globo

O estado espera que todos os 645 municípios participem da campanha. Só na capital paulista, mais de 1.000 escolas municipais podem ser palco dessa busca ativa.

No início da semana, à GloboNews, o secretário municipal da Saúde da capital, Edson Aparecido, disse técnicos da pasta já estudavam como viabilizar a ação.

De acordo com ele, em razão da grande quantidade de vacinados necessários, uma estratégia pensada hoje pelos técnicos é utilizar um dia da semana para cada região de diferente da capital paulista onde as crianças de 5 a 11 anos serão imunizadas.

Por exemplo: na segunda-feira, as escolas da Zona Sul; na terça, as da Zona Leste, e assim sucessivamente. “São muitas crianças, não temos como fazermos na cidade inteira, sem escalonar isso”, explicou o secretário.

Aparecido explicou que a ideia de adotar a busca ativa, mesmo com a cobertura vacinal alta quando comparada às de outras regiões do país, é tentar imunizar mais rapidamente esse contingente de quase 30% de crianças de 5 a 11 anos que ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

 

.

.

.

.

G1

mais lidas