Destaque Principal São Paulo

Governo de São Paulo negocia suspensão de corte de energia

Redação
Escrito por Redação

João Doria afirmou que concessionárias de energia elétrica se comprometeram a não cortar energia durante crise do coronavírus; falta aprovação da Aneel para medida ser adotada

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta terça-feira (24), que negociou com as concessionárias de energia elétrica do estado que durante a crise causada pelo surto de Covid-19 os cortes por falta de pagamento de energia estarão suspensos.

Ele também solicitou às empresas que a cobrança seja suspensa para os consumidores mais pobres. As medidas, porém, precisam ser aprovadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Aguardamos a aprovação da Aneel , que é a agência reguladora responsável, para colocar as medidas em prática, e esperamos que amanhã seja possível informar que elas serão adotadas”, afirmou o governador durante a coletiva de imprensa que tem ocorrido diariamente para informar medidas do governo no combate ao surto de coronavírus.

Demissões suspensas

Durante a coletiva de imprensa, o governador também agradeceu duas empresas que, segundo ele, se comprometeram a não demitir funcionários durante a crise causada pelo surto de Covid-19 que assola o país e o Estado. As empresas são o Grupo Cosan e o banco Santander .

“Queria agradecer o Rubens Ometto, presidente do grupo Cosan, pela solidariedade”, declarou Doria. “E também agradeço ao Sérgio Rial, presidente do banco Santander”, acrescentou.

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: