Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Garoto pode ter sido morto por ficar com jovem comprometida, diz polícia

Publicado

em

Garoto pode ter sido morto por ficar com jovem comprometida, diz polícia

Estudante de 15 anos foi esfaqueado na saída do colégio em Guariba (SP).
Pai e amigo da vítima afirmam desconhecer suposto caso com adolescente.

A Polícia Civil investiga a suspeita de que o adolescente Pedro Carlos Vidoreto Viesi, de 15 anos, foi esfaqueado e morto na saída do colégio em Guariba (SP) porque se envolveu com uma jovem comprometida. O namorado dela seria o autor do crime, mas ainda não foi identificado.

A Prefeitura de Guariba decretou luto oficial por três dias, a partir desta sexta-feira (16).

O delegado Izildo Aparecido Beltrame afirmou que convocará um colega de Pedro, que estava com ele no momento do crime, para prestar depoimento. A testemunha deve ajudar a polícia a identificar o suspeito.

“As primeiras informações são de que o crime envolveria uma moça, uma suposta namorada, algo assim. São ótimas as informações a respeito da conduta dele. Por isso, acreditamos que o motivo seja mesmo uma briga por causa de namorada”, disse.

Rua onde adolescente pediu ajuda após ser esfaqueado em Guariba, SP (Foto: Luciano Tolentino/EPTV)

Adolescente foi esfaqueado, pediu ajuda a moradora, mas morreu antes de ser socorrido em Guariba (Foto: Luciano Tolentino/EPTV)

Beltrame contou que já esteve na Escola Estadual José Pacífico, onde a vítima estudava, mas a direção não confirmou a suspeita. Segundo o delegado, Pedro foi descrito como um aluno exemplar e que nunca se envolveu com qualquer tipo de problema dentro do colégio.

“A vítima é de uma conduta ilibada, um menino muito tranquilo. Não há mínima informação de qualquer envolvimento errado dele. Uma postura exemplar. Ele é tido como uma pessoa muito respeitada”, disse.

O crime
O corpo do adolescente de 15 anos foi enterrado na manhã desta sexta-feira em Guariba. O pai do jovem, Márcio José Viesi, afirmou que o filho não havia contado sobre o suposto envolvimento com alguma garota. “Não conheço e nem os amiguinhos dele conhecem”, disse.

Pedro foi esfaqueado e morto na saída da escola, no início da tarde de quinta-feira (15). Segundo registro da Polícia Militar, o adolescente foi perseguido pelo suspeito e agredido com golpes de faca no tórax e no abdômen.

Márcio José Viesi diz não saber se suposta relação do filho com jovem comprometida (Foto: Reprodução/EPTV)

Márcio José Viesi diz não saber sobre relação do filho com jovem comprometida (Foto: Reprodução/EPTV)

A vítima ainda correu e tentou pedir ajuda a uma moradora, na Rua José Correia Leite Filho, mas acabou morrendo no quintal da casa da mulher. Viesi também contou que o filho sempre voltava da escola acompanhado de um colega, mas, nesta quinta, estava sozinho.

“O amigo dele falou que ele tinha tomado uma facada, a gente não acreditou. Ele ligou para um amigo que tinha passado a informação e a gente subiu até o local onde estava o corpo dele”, afirmou o pai.

O estudante de 17 anos confirmou que não estava com Pedro no momento do crime porque foi a uma lotérica pagar algumas contas. O jovem também disse que não sabia do suposto envolvimento da vítima com alguma garota comprometida.

“Não, não falou nada de ficar com menina. Estão falando que ele ficou com a menina, e que a menina namorava. O povo fala isso, mas ninguém sabe a verdade ainda. Eu não sei”, disse.

mais lidas