Siga nossa Redes

Esportes

Final da Libertadores coloca Maracanã em risco para Flamengo e Fluminense no Brasileirão

esportes

Publicado

em

Final da Libertadores coloca Maracanã em risco para Flamengo e Fluminense no Brasileirão

Conmebol tem exigência de assumir o estádio com antecedência para preservar o gramado e preparar protocolos de decisão de 30 de janeiro. Previsão inicial do dia 11 impacta em quatro rodadas

A dupla Fla-Flu corre sério risco de perder o Maracanã no Brasileirão por conta da final da Libertadores.

Pela série de protocolos para o preparo da partida do dia 30 de janeiro, a Conmebol terá o estádio à disposição com antecedência e deixou a administração de sobreaviso a partir do dia 11. Neste cenário, o Flamengo terá que buscar outro palco para o confronto com o Palmeiras, pela 31ª rodada, enquanto o Fluminense será afetado nos duelos com Sport, Botafogo e Goiás.

A cessão antecipada é algo previsto desde a candidatura para sediar a final única e é de conhecimento tanto dos gestores do estádio quanto da CBF. A Conmebol ainda não oficializou a data que assumirá o Maracanã para preservar o gramado, planejar todo aparato de segurança que evite tentativas de invasão diante da proibição de público e faça toda decoração. É improvável, porém, que o impacto na tabela do Brasileirão seja evitado.

A diretoria do Flamengo ainda não foi comunicada oficialmente da situação e aguarda um posicionamento definitivo de Conmebol e CBF. Se a previsão do dia 11 for confirmada, o Fluminense será ainda mais afetado, visto que encara Sport, Botafogo e Goiás como mandante neste período. O Tricolor já está ciente e acredita ser viável manter ao menos o último confronto, um dia após a decisão da Libertadores.

A expectativa das entidades é de que a situação seja definida antes do detalhamento das rodadas para evitar uma alteração futura, fazendo assim com que Flamengo e Fluminense já se antecipem e indiquem um estádio alternativo. Até o momento, só há definição de data, local e horário até a rodada 29.

Com o Palmeiras vivo ainda na Libertadores e na Copa do Brasil, até mesmo uma remarcação da partida do Flamengo fica inviável diante da possibilidade de disputa da decisão do torneio nacional e da participação no Mundial de Clubes em fevereiro.

* Colaboração de Paula Carvalho

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas