Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Fernando Maskobi: O que esperar para 2021?

Publicado

em

Fernando Maskobi: O que esperar para 2021?

O que esperar para 2021?

 

Voltar ao normal não existe. Da geopolítica ao comércio local, diversos novos comportamentos vão apenas se intensificar. O que então esperar para 2021?

A forma que nos organizamos e relacionamos mudou. Voltar ao escritório é praticamente uma ilusão, pelo menos da forma que estávamos acostumados. Empresas, principalmente as mais inovadoras, certamente estão se movimentando para desenvolver e adotar tecnologias que aprimorem o trabalho em casa. Quem remar contra que lute, a dinâmica já é outra.

Temas como logística e êxodo urbano também se intensificarão. Viajar através de aeroportos será cada vez mais difícil e burocrático, visto que novos controles, como por exemplo testes de covid e acompanhamento governamentais já estão atuando. Lembram dos procedimentos implementados após 11 de setembro que nunca saíram de cena e foram absorvidos como normais? Pois bem, Covid-19 deixará também seu carimbo no passaporte.

A desigualdade social continuará aumentando. Mais bilionários e quiçá trilionários aparecerão em cena. Polarização sobre vacina e estratégias de lockdowns à parte, mas fato é que o sistema econômico e as políticas econômicas atuais são claramente disfuncionais quando de encontro às medidas preventivas ao vírus. Grandes corporações são aliviadas por incentivos governamentais enquanto pequenos e médios negócios quebram e mergulham em dívidas com linhas de crédito. Sem deixar de mencionar o “Ficar em casa” Brasileiro que soa como um insulto, visto que grande fatia da população depende de transporte público, não possui internet nem educação digital. Vale sempre lembrar que ter sua comida entregue no lar em um clique é um luxo ainda para bem poucos.

Ainda na economia, as transações eletrônicas se intensificarão e a utilização do dinheiro em espécie será cada vez menor. Enquanto os impactos de uma possível inflação nas economias mundiais ainda são incertos, outras moedas começam a ganhar mais espaço, como é o caso da consolidação das criptomoedas.

Os impactos deixados pela pandemia estão apenas começando, portanto, sigamos prudentes em nossas decisões e antenados às tendências. Entre altos e baixos que esse período nos trouxe, temos que continuar abrindo espaço e suporte às comunidades e redes locais, seja financeira ou emocionalmente.

Não nos iludamos, o que vivemos certamente vai passar, porém, passaremos por um período de transformação mais intenso do que imaginamos. Quanto mais abertos e conscientes formos, menos dolorosa será essa passagem.

 

Fernando Maskobi
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais lidas