Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Mundo

Família indiana que morreu congelada ao tentar cruzar fronteira entre Canadá e EUA é identificada: casal e 2 filhos

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Autoridades da região acreditam que traficantes de pessoas estejam por trás da tragédia.

Autoridades do Canadá anunciaram na quinta-feira (27) as identidades de quatro cidadãos indianos que foram encontrados mortos na fronteira com os Estados Unidos na semana passada.

O comissariado responsável pelas relações com a Índia divulgou, por meio de um comunicado, que todas as vítimas eram da mesma família:

  • Jagdish Baldevbhai Patel, um homem de 39 anos
  • Vaishaliben Jagdishkumar Patel, uma mulher de 37 anos
  • Vihangi Jagdishkumar Patel, uma menina de 11 anos
  • Dharmik Jagdishkumar Patel, um menino de três anos

 

Os investigadores acreditam que a família de quatro pessoas estava tentando cruzar a fronteira a pé em 19 de janeiro durante o inverno rigoroso, e morreu de exposição.

As autoridades afirmaram que grupos envolvidos com o tráfico de pessoas podem ter contribuído para esta tragédia.

 

Cidade de Manitoba no Canadá registrou -22°C nesta quinta-feira (20) — Foto: Lyle Stafford / REUTERS

Cidade de Manitoba no Canadá registrou -22°C nesta quinta-feira (20) — Foto: Lyle Stafford / REUTERS

A polícia canadense encontrou os corpos perto de uma pequena comunidade agrícola depois que agentes dos EUA prenderam um grupo que veio do país vizinho.

Durante a abordagem, foram encontradas evidências de que as vítimas estavam tentado fazer o mesmo trajeto que os detidos.

A família foi encontrada a cerca de 12 metros da fronteira com o estado americano do Minnesota.

“Estamos muito preocupados que esta tentativa de travessia possa ter sido facilitada de alguma forma por traficantes que abandonaram estes indivíduos sozinhos no meio de uma nevasca”, disse Jane MacLatchy, porta-voz da Polícia Montada, em entrevista coletiva.

 

“Elas enfrentaram não apenas o clima frio, mas também campos sem fim, grandes nevascas e escuridão total”, acrescentou. MacLatchy disse que o vento frio reduziu a temperatura para – 35°C.

.

.

.

G1

mais lidas