Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Família faz buscas por enfermeira desaparecida há uma semana em São Paulo

Publicado

em

Família faz buscas por enfermeira desaparecida há uma semana em São Paulo

Moradora de Botucatu trabalhava há três semanas em uma clínica para dependentes químicos em Itapecerica da Serra. Ela foi vista pela última vez na quarta-feira (18), em Osasco.

A família da enfermeira Karina Frazon Nunes da Silva, de Botucatu (SP), registrou na segunda-feira (23) um boletim de ocorrência por conta de seu desaparecimento, há uma semana. A mulher, de 39 anos, foi vista pela última vez na quarta-feira (18) na Grande São Paulo.

Segundo Cláudio Frazão, pai de Karina, a filha trabalhava há apenas três semanas em uma clínica de recuperação de dependentes químicos, em Itapecerica da Serra. No dia 18, sua primeira folga, a enfermeira iria para São Paulo a passeio.

Ainda segundo relato de Cláudio Frazão, Karina foi até Osasco e, de lá, pegaria um trem para Barra Funda, mas não chegou a embarcar. Karina tinha uma reserva em um hotel no bairro de Santana, em São Paulo, mas não compareceu.

Desde o desaparecimento, na noite do dia 18, a família não conseguiu mais entrar em contato com Karina. Um colega de trabalho da enfermeira disse aos familiares que deu carona para ela até a Estação Ferroviária Central de Osasco, às 22h30.

Karina Frazon trabalhava há três semanas em uma clínica em Itapecerica da Serra (Foto: Arquivo pessoal)

Karina Frazon trabalhava há três semanas em uma clínica em Itapecerica da Serra (Foto: Arquivo pessoal)

Outro colega teria recebido uma mensagem em que ela dizia que não conseguiria ir para São Paulo naquele dia, que ficaria em Osasco e embarcaria na manhã seguinte. A família ainda não se sabe se a mensagem foi, de fato, enviada por Karina.

A previsão era de que ela voltasse ao trabalho em Itapecerica da Serra no domingo (22).

Segundo o pai de Karina, apesar do registro de BO na Delegacia de Defesa da Mulher de Botucatu, a polícia em São Paulo foi informada do desaparecimento. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil de Osasco.

mais lidas