Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Família de ouro! Irmãos Abe vencem o peso meio-leve do judô nas Olimpíadas 2020

Publicado

em

Família de ouro! Irmãos Abe vencem o peso meio-leve do judô nas Olimpíadas 2020

Um medalha já é motivo de muita comemoração para as famílias dos atletas olímpicos. Imagina então duas, de ouro, e no mesmo dia! Esta foi a sensação da família japonea Abe neste domingo, nas Olimpíadas de Tóquio. Os irmãos judocas Hifumi e Uta se sagraram campeões olímpicos no peso meio-leve – Hifumi no masculino (até 66kg), Uta no feminino (até 52kg).

Ambos bicampeões mundiais, os irmãos tiveram um dia perfeito no Nippon Budokan, templo sagrado do judô em Tóquio. Foram apenas vitórias por ippon ou wazari.

A brasileira Larissa Pimenta teve o azar de cruzar o caminho de Uta Abe ainda nas oitavas de final. Acabou derrotada por ippon, sem chances de ir para a repescagem.

Daniel Cargnin teve um pouco mais de sorte: só encontrou Hifumi Abe na semifinal. Ele lutou de igual para igual, mas também não foi páreo para o número 5 do mundo, que o derrotou por ippon.

Hifumi Abe comemora sua vitória na final do peso meio-leve — Foto: Harry How/Getty Images

Hifumi Abe comemora sua vitória na final do peso meio-leve — Foto: Harry How/Getty Images

Na final, Uta Abe teve maior dificuldade. Ela foi ao ponto de ouro, e derrotou a francesa Amandine Buchard com uma imobilização após três minutos.

Hifumi, por sua vez, dominou o georgiano Vazha Margvelashvili. Um wazari foi suficiente para garantir o ouro. Do lado de fora, a irmã Uta vibrou mais do que quando venceu Buchard.

Uta Abe com a medalha de ouro no peso meio-leve do judô — Foto: REUTERS/Hannah Mckay

Uta Abe com a medalha de ouro no peso meio-leve do judô — Foto: REUTERS/Hannah Mckay

Com as vitórias dos irmãos Abe, o Japão já tem três ouros em quatro disputados no Japão. A única categoria que o país não venceu foi o peso leve feminino (até 48kg), no qual a japonesa Funa Tonaki ficou com a prata, superada por Distria Krasniqi, de Kosovo.

.

.

.

Fontes: G1 – Globo.

mais lidas