Siga nossa Redes

Sem categoria

Falta de acesso ao ensino na pandemia afetará gerações, diz OCDE

Redação

Publicado

em

Falta de acesso ao ensino na pandemia afetará gerações, diz OCDE

Pausa das aulas pode resultar em queda de 1,5% do PIB global durante todo o século 21

A pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) suspendeu as aulas em instituições de ensino pelo mundo. O impacto dessa interrupção para a capacitação da população é grande e, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) pode resultar em uma queda de 1,5% do PIB global pelo resto do século.

Em um relatório publicado nesta terça-feira, 8, a OCDE informou que para os Estados Unidos, a perda econômica decorrente da pausa no ensino será de 15,3 trilhões de dólares . Caso a suspensão das aulas se mantenha até o próximo ano letivo, a informação é de que a conta sairá ainda mais cara para o país.

A explicação da previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) global se baseia na correlação entra capacitação e produtividade. “A perda de ensino levará a uma perda de capacitação, e a capacitação que as pessoas têm se relaciona com sua produtividade” , afirma o relatório.

Para evitar a transmissão da Covid-19, as instituições de ensino estiveram fechadas por cerca de 10 semanas, ou um terço de um ano letivo. O  Brasil está entre os países que fecharam escolas por mais tempo , aponta o documento da OCDE.

Os novos modelos adotados para continuar com a educação evidenciaram os problemas de desigualdade social , ampliando as defasagens de oportunidades de aprendizado entre pobres e ricos . O relatório aponta como o acesso a internet e outros meios beneficia estudantes de meios privilegiados, enquanto “aqueles de meios carentes muitas vezes ficaram isolados quando suas escolas fecharam”.

A educação ainda enfrenta muitos desafios, e as instituições precisam descobrir como voltar às atividades de forma a evitar novos contágios pela doença. As universidades também passam por um processo reivenção, pois precisam se manter atraentes para os estudantes.

O documento evidencia ainda o risco de que os orçamentos para o ensino sejam reduzidos com a contração da economia.

.
.
.
iG
Publicidade

mais lidas