Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Falcão e times da região lamentam acidente com avião da Chapecoense

Publicado

em

Falcão e times da região lamentam acidente com avião da Chapecoense

Tragédia causou comoção nas redes sociais de atletas e clubes da região

Pelo Instagram, craque Falcão, do Sorocaba Futsal, lamenta acidente com avião da Chapecoense  (Foto: Reprodução/Instragram)

A tragédia da queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense até Medellín, na Colômbia, comoveu atletas e clubes da região da área de cobertura da TV TEM, afiliada da Rede Globo no interior de São Paulo, que abrange o entorno de Sorocaba, Jundiaí, São José do Rio Preto, Araçatuba, Marília, Bauru e Itapetininga.

O craque Falcão, do Sorocaba Futsal, publicou em sua página no Instagram uma imagem com “Força Chape”, mensagem que se espalhou na internet, com a legenda “que tristeza”.

Ituano FC também lamentou nas redes sociais o acidente envolvendo avião do time catarinense (Foto: Reprodução/Twitter)

Ituano lamentou acidente envolvendo avião do time catarinense (Foto: Reprodução/Twitter)

Através do Twitter, o Ituano Futebol Clube, ex-clube do lateral-esquerdo Dener da Chapecoense e que estava no avião no momento do acidente, também postou uma imagem de apoia ao clube catarinense. Dener integrou o elenco do Galo de Itu que foi campeão paulista em 2014.

Já o Esporte Clube São Bento enviou à redação do GloboEsporte.com nota oficial lamentando a “triste notícia do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense que estava a caminho de Medelín, na Colômbia”.

– O São Bento se solidariza com o trágico acidente de avião, e deseja que Deus conforte a família de todos nesse momento tão difícil – lamenta Fernando Martins da Costa Neto, presidente do Esporte Clube São Bento.

A Chapecoense e o São Bento têm muito em comum. Os dois clubes passaram por momentos financeiros difíceis e quase fecharam suas portas, quando diretores competentes e comprometidos com o trabalho, resgataram suas histórias e os levaram a ser, novamente, queridos e amados por suas cidades.

Um dos sobreviventes, o goleiro Jackson Follman, jogou no Linense no ano passado (Foto: Divulgação/Linense)

O goleiro Jackson Follman, jogou no Linense no ano passado (Foto: Divulgação/Linense)

– A história da Chapecoense é marcada por uma gestão séria responsável. Qualidades que permitiram ao clube dar a volta por cima e integrar a elite do futebol brasileiro. Admiramos essa postura que é a mesma que tentamos imprimir à frente da direção do São Bento – conclui o vice-presidente do clube, Márcio Rogério Dias.

Já um dos sobreviventes do acidente, o goleiro Jackson Follman, jogou no Linense no ano passado. O gerente do Elefante, Fausto Momente, disse à equipe de reportagem da TV TEM que lamenta muito o acidente e que ainda tinha contato com Jackson, e até tinha sondado a volta dele para o Linense, mas ele já tinha renovado com a Chapecoense. O goleiro segue internado em um hospital da região de Medellín e o estado de saúde dele ainda não foi informado à imprensa brasileira.

A direção do Rio Preto Esporte Clube, time em que o volante Sérgio Manoel já atuou, também enviou nota à redação lamentando o trágico acidente aéreo que vitimou atletas, dirigentes, profissionais da Chapecoense e jornalistas, na madrugada desta terça-feira, na Colômbia.

– Duas das vítimas, o volante Sérgio Manoel e o mordomo Anderson Lucas Cocada prestaram excelentes serviços ao Jacaré. Sérgio Manoel foi revelado pelo clube, em 2011, e Cocada trabalhou na rouparia do Rio Preto, em 2005/2006. A direção do Rio Preto decreta luto oficial por três dias – disse em nota oficial.

Pela página oficial do clube no Facebook, o Mirassol Futebol Clube também divulgou nota oficial sobre a morte do volante Sérgio Manoel, que vestiu a camisa do clube entre os anos de 2011 e 2012.

– O Mirassol FC se solidariza com a família do volante Sérgio Manoel, que estava no voo que levava a equipe da Chapecoense para a Colômbia. Sérgio Manoel defendeu o Leão da Araraquarense entre os anos de 2011 e 2012.

Vítimas da região 

Também estavam no avião o lateral-direito Mateus Lucena dos Santos, conhecido como Caramelo, de 22 anos, que nasceu em Clementina (SP), e tinha contrato com o São Paulo e estava emprestado pro time catarinense desde o ano passado; o técnico Caio Júnior, que jogou no Paulista em 1998; os jornalistas Deva Pascovicci, narrador da Fox Sports, que nasceu em Monte Aprazível e é um dos sócios e diretor da rádio CBN Grandes Lagos; e Lilácio Pereira Junior, de 48 anos, que tem família em José do Rio Preto (SP). Os dois faziam parte da equipe de 22 profissionais da imprensa que acompanham a delegação do time catarinense.

mais lidas