Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Ex-prefeita de Turiúba é investigada por compra irregular de aparelhos de ginástica

Publicado

em

Ex-prefeita de Turiúba é investigada por compra irregular de aparelhos de ginástica

Equipamentos de ginástica da academia municipal teriam sido comprados por valor bem abaixo do mercado e alguns estão em péssimas condições. Ex-prefeita não quis comentar o assunto.

A ex-prefeita de Turiúba (SP), Silvania Maria dos Santos, é investigada pelo Ministério Público por ter feito uma compra sem licitação em nome da prefeitura. Equipamentos de ginástica da academia municipal teriam sido comprados por valor bem abaixo do mercado e alguns estão em péssimas condições.

Os aparelhos ficam no Centro do Trabalhador de Turiúba e a sala é uma academia municipal. Todo morador pode fazer exercício de graça e com acompanhamento do professor. Só que de acordo com o Ministério Público essa academia não fez nada bem à saúde financeira do município.

Segundo o MP, a ex-prefeita comprou esses aparelhos sem nenhum tipo de cotação, apenas num acordo informal. Foram gastos quase R$ 8 mil em equipamentos usados. No processo o único documento da compra, um recibo com o valor, a relação dos equipamentos e o nome de quem vendeu os aparelhos, uma fisioterapeuta da cidade.

“Problema é que fez a compra direta, sem licitação, e sem formalização nenhuma do procedimento para fazer a transação. A única documentação que existe da compra é um recibo e nada mais”, afirma o promotor Felipe Duarte Gonçalves.

O preço pago nos equipamentos também chamou atenção do promotor, bem abaixo do valor de mercado. “Foi feita pesquisa de preço durante o inquérito e um dos equipamentos que custa R$ 3 mil, foi adquirido por 200. Era uma sucata, não era um equipamento”, afirma o promotor.

Silvania também é investigada pelo Ministério Público em outro caso quando ela também era prefeita. Em 2011, o município gastou R$ 300 mil em despesas de viagens. De acordo com o MP, desse total R$ 90 mil não teria comprovação dos gastos. Os servidores teriam apresentado notas bem abaixo dos valores liberados pela prefeitura.

Só o advogado da prefeitura teria gasto em um ano, num só hotel mais de R$ 40 mil. Detalhe cada diária custava, segundo o MP, R$ 115. O valor gasto corresponde a 368 diárias.

A ex-prefeita, Silvania Maria dos Santos, disse que ainda não foi notificada em nenhum dos casos e que por orientação do advogado não poderia falar sobre os processos. No caso da academia a Justiça já bloqueou bens da ex-prefeita e da fisioterapeuta no valor da compra, corrigidos, um total de pouco mais de R$ 11 mil. A fisioterapeuta disse que ainda não foi notificada pela Justiça e não quis comentar o caso.

mais lidas