Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Educação

Estudantes de medicina de Rio Preto participam de expedição humanitária no Paraguai

Publicado

em

Estudantes de medicina de Rio Preto participam de expedição humanitária no Paraguai

Eles integram equipe que fará cirurgias e atendimentos a pessoas carentes.
Profissionais também participam da expedição no distrito de Furte Olimpo.

Três estudantes do curso de medicina de uma faculdade de São José do Rio Preto (SP), a Faceres, participam de uma expedição humanitária no próximo sábado (3), em Furte Olimpo, distrito do Paraguai. Os alunos irão integrar uma equipe de 21 profissionais, entre cirurgiões, anestesistas, clínicos, ortopedistas, dentistas e paramédicos, durante trabalho humanitário de seis dias.

Segundo o médico Luíz Fernando Martins Bucater, responsável pela expedição, os alunos foram convidados e terão a primeira experiência com este tipo de atividade. “Estão programadas 20 cirurgias de hérnias da parede abdominal, 20 cirurgias de catarata e atendimentos ambulatoriais”, informa.

Para os alunos, Gabriela Nunes, 21 anos, Matheus Canton Assis, de 22, e Antônio Carlos Guerra Júnior, de 23, a experiência será única. “Sempre tive vontade de fazer trabalho humanitário e essa é uma grande oportunidade, aprenderemos muito com essa expedição”, declara Gabriela.

Para Matheus ir a um lugar distante, onde quase não há profissionais de saúde trabalhando, é muito compensador. “Essa é uma experiência que vou levar para o resto da minha vida”, diz.

O estudante Antônio Carlos Júnior também se interessou pela experiência e pela maneira com a qual as pessoas serão abordadas. “Levaremos saúde e atenção para pacientes carentes”, afirma.

Ao todo, os alunos devem percorrer 1,1 mil quilômetros por terra e mais 10 horas de viagem de barco para chegar ao local. Os atendimentos serão feitos em um pequeno hospital, que será adaptado para as cirurgias e atendimentos no distrito de Fuerte Olimpo.

Durante a expedição também será feito um trabalho preventivo de orientação básica de saúde bucal, onde serão feitas extrações, restaurações e, se necessário, cirurgias odontológicas e buco-maxilo-facial. Na bagagem, além de muita disposição para os atendimentos, a equipe levará kits de medicamentos para hipertensão, diabetes, antibióticos, analgésicos e material para pequenas cirurgias.

Segundo o médico responsável pela expedição, a ideia é despertar a semente da solidariedade nos acadêmicos de medicina por meio do voluntariado. “A comunidade ribeirinha desta região é extremamente carente e desprovidos de atendimento especializado. Essas ações podem fazer a diferença na vida dessas pessoas levando um pouco de atenção, e cuidados com a saúde básica”, afirma.

mais lidas