Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Especialistas apontam aquecimento da construção civil neste ano

Publicado

em

Especialistas apontam aquecimento da construção civil neste ano

Em Marília, o sonho da casa própria tem impulsionado as obras, que estão espalhadas por toda a cidade. Geração de emprego no setor também mostra recuperação do setor.

O sonho de comprar uma casa tem aquecido o setor da construção civil em Marília. Além de mais gente saindo do aluguel, tem gente comemorando a carteira assinada graças as vagas abertas nas diversas obras espalhadas pela cidade.

Em uma delas que começou há um, 90% dos 416 apartamentos foram vendidos em pouco tempo. E empolgada pela procura, a construtora pretende lançar outras unidades no segundo semestre.

“Um ano que já começou melhor, a gente sente uma pequena melhora, pequena aceleração nos negócios a gente vem vendo esse crescimento dos empregos e isso nos favorece por que nós temos, com a quantidade de pessoas empregadas, automaticamente mais volume de negócios”, destaca o coordenador comercial da empresa Giuliano Mendonza.

Wilson Ruiz e a esposa fecharam negócio há poucos meses e a partir do ano que vem estarão finalmente livres do aluguel.

“Nós conseguimos ver que estava propicio para adquirir um imóvel e precisávamos realmente sair do aluguel e vimos essa oportunidade para poder conseguir a casa nova, casa própria. Um sonho bem próximo de realizar”, afirma o autônomo.

Eles vão morar em uma das 800 casas que estão sendo construídas na zona norte de Marília.

Impulsionado pelo sonho da casa própria e a vontade de sair do aluguel fez que o setor da construção civil voltasse a se aquecer em 2018. Ainda lentamente mas os números já apontam para uma melhoria do setor.

O que melhorou na cidade de Marília foi a quantidade de empregos com certeira assinada que a construção civil gerou, um aumentou em comparação com o ano passado na cidade. Em 2018, 461 pessoas já foram contratadas pela construção civil.

A cidade também está com obras de um conjuntos habitacionais que devem finalizar até o fim do ano. 

mais lidas