Destaque Principal saúde

Entre trocas de ministros, número de mortes avança 666% no País

Redação
Escrito por Redação

Foram registradas 824 mortes e 15.305 novos casos nas últimas 24 horas, um novo recorde diário de ocorrências

No dia em que o médico Nelson Teich foi exonerado do Ministério da Saúde, menos de um mês após tomar posse, o governo federal atualizou os números do Covid-19. Foram registradas 824 mortes e 15.305 novos casos em 24 horas, um novo recorde diário de ocorrências.

No período de 29 dias da gestão Teich, foram mais 12.884 óbitos pelo novo coronavírus, um avanço de 666%.

Quando Luiz Henrique Mandetta foi demitido, em 16 de abril, o Brasil relatava 1.933 óbitos por Covid-19. Ontem, o País chegou a 14.817 óbitos, além de ter 218.223 contaminados pela doença.

Ainda de acordo com o ministério, há pelo menos 2.300 mortes em investigação. Dos casos confirmados de Covid-19 no País, 118.436 estão em acompanhamento e 84.970 estão recuperados.

São Paulo continua liderando em número de casos (58.378) e mortes (4.501) decorrentes da doença; seguido pelo Ceará (22.490 casos e 1.476 óbitos); e pelo Rio de Janeiro (19.987 e 2.438).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: