Siga nossa Redes

Internacional

Entenda por que Maduro tem oxigênio de sobra para doar ao Brasil

Redação

Publicado

em

Entenda por que Maduro tem oxigênio de sobra para doar ao Brasil

Além da tragédia humanitária causada pela pandemia da Covid-19, o presidente venezuelano se move por uma questão política

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira (3) que enviará três caminhões carregados com oxigênio para hospitais do Amazonas e de Roraima . Nos dois dias em que Manaus ficou sem o insumo — 14 e 15 de janeiro —, mais de 30 pacientes com Covid morreram asfixiados. “ Tudo é possível quando há solidariedade, fraternidade, paz e amor entre os povos ”, disse Maduro.

Além da tragédia humanitária, Maduro se move por uma questão política. “ Ao enviar oxigênio para o Brasil, Maduro quer passar a mensagem de que seu governo está lidando muito bem com a pandemia, e por isso pode até se dar ao luxo de ajudar outro país. Essa é uma maneira de ele esconder que o sistema hospitalar da Venezuela foi totalmente destruído “, diz o médico radiologista e deputado venezuelano Jose Manuel Olivares, que vive na Colômbia desde que foi ameaçado pelos chavistas.

Segundo ele, 80% dos aparelhos de raio-X não funcionam na Venezuela . Pacientes com Covid-19 não apenas não conseguem fazer uma chapa do pulmão, como não encontram uma cama de UTI. O país com 28 milhões de habitantes conta com apenas 350 leitos de terapia intensiva funcionando, os quais representam 30% do total. “ Além de não ser possível fazer exames, também não existem respiradores suficientes para bombear oxigênio aos pacientes com Covid “, diz Olivares.

Desde a crise dos hospitais no Amazonas , o Brasil tem recebido oxigênio hospitalar de duas fontes na Venezuela . A primeira é pela empresa White Martins, que enviou um primeiro carregamento do seu complexo no estado de Anzoategui no dia 18 de janeiro e deve mandar mais oxigênio nas próximas semanas. As transferências ocorrem entre empresas do grupo e não têm relação com a política.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

mais lidas