Siga nossa Redes

Destaque

Enem 2020: veja tudo o que você precisa saber para realizar o exame na pandemia

esportes

Publicado

em

Enem 2020: veja tudo o que você precisa saber para realizar o exame na pandemia

Guia para preparar os participantes traz cronograma de datas, instruções, regras do Inep e o que fazer em caso de sintomas da Covid-19

 

 

A primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020  será realizada neste domingo (17) e esta edição traz novidades em meio à pandemia da Covid-19 . De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foram 5,7 milhões de inscrições entre quem vai fazer a versão tradicional ou a digital, que será aplicada pela primeira vez.

 

Para ajudar na preparação, O DIA montou um guia que traz as principais informações pré-Enem, seu cronograma de datas e horários, instruções para a realização da prova, divulgação de resultados e sobre a possibilidade de reaplicação para quem estiver contaminado pelo novo coronavírus no dia da prova, por exemplo.

 

Enem é o vestibular mais abrangente do Brasil, que qualifica os alunos para universidades públicas e particulares no país. É por meio dele que os participantes também podem acessar o Sisu ou o ProUni, garantir financiamento estudantil pelo Fies e obter um certificado do Ensino Médio, por exemplo.

 

exame é composto por quatro provas objetivas (de múltipla escolha) com 45 questões cada com os temas Linguagens, códigos e suas tecnologias; Ciências humanas e suas tecnologias; Ciências da natureza e suas tecnologias; e Matemática e suas tecnologias. Além disso, há também uma redação, no formato de texto dissertativo-argumentativo, que deve ser escrito em no máximo 30 linhas.

 

Já estão disponíveis para consulta os editais do Enem 2020 para as versões impressa e digital. Além disso, os participantes já podem acessar seu local de prova, número de inscrição, data e horário do seu exame no cartão de confirmação de inscrição, já disponível na Página do Participante, no site do Inep, para as duas versões. Nele, também é possível consultar a opção de língua estrangeira e atestar o atendimento especializado, para os casos em que isso foi solicitado.

 

 

Enem Digital

 

Não são muitas as diferenças da versão digital para a versão tradicional do Enem. Assim como na impressa, nesta nova os estudantes também terão que ir até seu local de prova, designado no cartão de confirmação de inscrição.

 

Lá, eles farão a prova em sistema próprio , nos computadores dos locais de aplicação selecionados pelo Inep, e receberão folhas de rascunho nos dois dias de prova. A prova de redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção do Enem tradicional.

 

Não será possível fazer a prova em um computador particular. Será necessário bloquear a tela do computador antes de se ausentar da sala, para ir ao banheiro, por exemplo, durante a aplicação. Em caso de de qualquer ocorrência em relação ao sistema de prova e aos documentos do exame, o participante deverá reportar-se ao aplicador da sala para que sejam tomadas as providências.

 

O que levar no dia da prova?

 

O Enem 2020 deverá ser realizado somente com o uso de caneta esferográfica de tinta preta em material transparente. Ela será usada para o preenchimento do cartão-resposta e da redação. Outros tipos de materiais de escrita, como lápis ou caneta azul, não poderão ser utilizados.

 

novidade para esta edição , durante a pandemia de Covid-19, são as medidas de prevenção que também estarão presentes na realização do exame. O participante deverá levar uma ou mais máscaras de proteção (caso queira trocar durante a prova) e usá-las obrigatoriamente enquanto estiver nos locais de prova. O material deve cobrir o nariz e a boca.

 

Os candidatos que descumprirem injustificadamente essa medida serão eliminados. Para ingerir líquidos ou alimentos, será permitida a retirada da máscara.

Antes de entrar na sala de prova, os participantes também deverão higienizar as mãos. Haverá recipientes com álcool em gel nos locais de aplicação do Enem, mas cada um poderá levar o seu para utilizar durante a aplicação.

 

Também é obrigatório levar um documento original de identificação com foto, como Cédulas de Identidade (RG), Passaporte, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou Carteira de Trabalho e Previdência Social (impressa e expedida após 27 de janeiro de 1997).

A Carteira de Registro Nacional Migratório, prevista na Lei de Migração (n.º 13.445), de 24 de maio de 2017, também está entre a documentação válida para identificação, assim como o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, do qual trata o Decreto n.º 9.277, de 5 de fevereiro de 2018.

 

No entanto, não será aceito certificado de dispensa de incorporação ou de reservista, nem certidões de nascimento, casamento e título eleitoral. O participante impossibilitado de apresentar alguns desses documentos válidos por motivo de extravio, perda, furto ou roubo, poderá realizar as provas, desde que apresente boletim de ocorrência expedido por órgão policial há, no máximo, 90 dias da aplicação da prova.

 

Há também a possibilidade de se submeter à identificação especial, voltada à coleta de informações pessoais, com o objetivo de comprovar a identidade do inscrito. Além dos documentos de identificação, será coletado dado biométrico do participante durante a realização das provas.

 

Por último, o Inep recomenda que os participantes tenham em mãos o seu cartão de confirmação de inscrição para o Enem 2020. No entanto, o documento não é obrigatório para a realização da prova.

 

Para os participantes que precisarão comprovar sua presença no Enem 2020, a Declaração de Comparecimento nos dias de prova já pode ser emitida na Página do Participante para a primeira data: este domingo (17), para quem vai fazer a versão impressa.

 

participante interessado deverá apresentar, antes de ingressar na sala, a declaração ao aplicador, em cada dia de provas, para confirmação de sua presença no exame. Para o segundo dia de aplicação, 24 de janeiro, o documento ficará disponível para impressão a partir da segunda-feira, 18 de janeiro.

 

 

Cronograma Enem 2020

 

Esta edição do Enem será dividida em três tipos: a versão impressa; a versão digital; e a reaplicação, que acontece junto com a versão para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL). Por motivos de prevenção contra a Covid-19 , os portões dos locais de prova serão abertas meia hora mais cedo, às 11h30 (Horário de Brasília). Desse modo, o participante terá até 1 hora e 30 minutos para acessar o local de prova.

Confira os horários , que valem para os três tipos mencionados:

 

Abertura dos portões: 11h30
Fechamento dos portões: 13h
Início das provas: 13h30
Término das provas 1º dia: 19h
Término das provas 2º dia: 18h30

 

Já a aplicação das provas para o participante com solicitação de recurso de videoprova em Libras, aprovada durante o processo de inscrição, terá início às 13h30 e término às 21h, no primeiro dia; e às 20h30, no segundo dia (horário de Brasília), em todos os estados e no Distrito Federal.

.

.

.

iG

Publicidade

mais lidas