Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Em orçamento, Palmeiras prevê arrecadação de R$ 55 milhões com vendas de jogadores em janeiro

Publicado

em

Em orçamento, Palmeiras prevê arrecadação de R$ 55 milhões com vendas de jogadores em janeiro

Projeção orçamentária a ser apresentada nesta quarta-feira também inclui a manutenção dos contratos de patrocínio de Crefisa e Faculdade das Américas

A diretoria do Palmeiras apresentará na noite desta quarta-feira ao Conselho Deliberativo a projeção orçamentária para o exercício de 2019.

No documento a ser analisado pelos conselheiros, chama a atenção especialmente a previsão de arrecadação de R$ 55 milhões em janeiro com a transferência de jogadores. Até o momento, o Palmeiras não confirma a saída de ninguém.

O valor é inferior, por exemplo, à proposta de 15 milhões de euros (cerca de R$ 67 milhões, na cotação da época) do Shandong Luneng por Dudu, no meio do ano. Além disso, o atacante se valorizou ainda mais ao ser eleito o craque do Campeonato Brasileiro.

Isso não significa que Dudu não será vendido, até porque a segunda página da projeção diz que se trata de um cenário conservador. Ou seja: os valores finais do orçamento poderão até ser maiores.

Além disso, depois de seguidas recusas, o atacante ouviu do presidente Maurício Galiotte que seria liberado em dezembro em caso de outra proposta vantajosa para ele.

Segundo o GloboEsporte.com apurou, o clube chinês voltou a demonstrar interesse. O Palmeiras tem como defesa a multa de 60 milhões de euros prevista em contrato para saída e estuda nova valorização salarial para o jogador de 26 anos.

A previsão orçamentária a ser apresentada nesta quinta-feira também inclui a manutenção dos contratos de patrocínio de Crefisa e Faculdade das Américas. Mas, depois do polêmico “caso Blackstar”, que inclusive será assunto na reunião do Conselho, a renovação do acordo atual deverá ser selada apenas em janeiro.

mais lidas