Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Em Nova York para ajudar Poatan, Glover relembra noite mágica: “Até o Jan Blachowicz torceu por mim”

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Campeão dos meio-pesados do UFC revela o que o polonês lhe disse após ser finalizado no UFC 267, em Abu Dhabi, e elogia parceiro de treinos: “Faz o que é preciso”

O sorriso, que sempre foi uma constante, continua no rosto de Glover Teixeira após a conquista do cinturão dos pesos-meio-pesados do UFC. Em Nova York para apoiar o companheiro de treinos Alex Poatan na sua estreia na organização – encara o grego Andreas Michailidis no UFC 268, neste sábado – o mineiro de Sobrália conversou com exclusividade com o Combate e disse não imaginar que era tão querido pelos fãs e atletas do UFC. O campeão revelou, inclusive, o que Jan Blachowicz lhe disse logo após ser finalizado em Abu Dhabi, no UFC 267

Glover Teixeira UFC 268 — Foto: Camilo Pinheiro Machado

Glover Teixeira UFC 268 — Foto: Camilo Pinheiro Machado

– É gostoso demais. Eu não sabia que eu era tão querido. Tem também a minha história que o pessoal viu. Teve problema, a minha vida teve coisas de desanimar. Eu não estou reclamando e dizendo “Olha o que eu passei…”. Mas todo mundo que me conhece sabe da minha felicidade. Eu sempre fui assim. Nunca reclamei, e nem gosto de pessoas que ficam reclamando perto de mim. Acho que até o Jan Blachowicz estava torcendo pra mim (risos). Ele me disse: “Não poderia ter sido para um cara melhor. Curte esse momento pro resto da vida.”

Perguntado sobre Alex Poatan, Glover Teixeira rasgou elogios ao amigo e parceiro de treinos. Segundo o campeão, Poatan dedica a sua vida à luta e serve até de exemplo aos seus alunos na academia.

Glover Teixeira e Alex Poatan são companheiros de treinos — Foto: Arquivo pessoal

Glover Teixeira e Alex Poatan são companheiros de treinos — Foto: Arquivo pessoal

– Ele é meu parceiro de treinos. Ele me ajudou a conquistar o cinturão, e eu quero ajudar ele a conquistar essa vitória na estreia dele no UFC. ele me perguntou se eu poderia estar no córner dele para a luta e eu disse que estaria lá com o meu cinturão. Fiz questão de vir mais cedo para ficar ajudando ele. O Alex é um trabalhador, um cara que quer de verdade, com tudo. Eu uso ele muito como exemplo na minha academia para os alunos. Não tem tempo ruim. Ele ama a luta, é aquele cara que diz que quer ser campeão do UFC e faz tudo o que é preciso. A vida dele é isso. Fica olhando os lutadores, conhece todo mundo, compra o que precisa para recuperação. É um estudioso do esporte. A vibração está alta, estamos confiantes, porque o que eu fiz com o Jan Blachowicz eu não faço com ele. Não tem como. E isso só aumenta a confiança dele, né?

Planejando descansar e curtir o momento e a sensação de ser campeão mundial, Glover Teixeira só pensa em voltar a treinar forte após o ano novo, e pretende defender seu cinturão pela primeira vez até maio ou junho de 2022. Até lá, os planos são de fazer uma visita a Sobrália para rever a família e os amigos e relaxar o corpo e a mente após o esforço feito nos treinos para a disputa do cinturão aos 42 anos de idade.

– O plano agora é curtir esse momento, essa vitória com a família, tenho que ir a Sobrália, porque a galera lá me apoia pra caramba. Depois vou pensar na defesa do cinturão, como eu falei depois da luta, talvez até maio, para descansar legal no fim de ano, porque não é fácil fazer esse camp com essa idade. Tem que respeitar o corpo, só voltar a treinar no ano que vem e já marca essa luta mais pro meio do ano. Isso aqui é esporte de novo (risos). Eu estou curtindo, mas já tô cansado, né? Tô querendo ir pra montanha, fazer uma meditação. Mas faz parte do jogo, a gente sabe que o campeão vai ter essa tensão, mais entrevistas, mais trabalho, mas eu vou curtir esse momento. Tô muito feliz com tudo o que aconteceu. Vou curtir cada momento como curti antes da luta. Nossa vida é o agora. Um treinador cubano me disse uma vez, depois de um treino, o seguinte: “Se sacrifique aqui, porque quando você beber na taça da vitória será especial”. É o acontece com todos os atletas. Tem a dor e tem a felicidade. Tem que curtir esses momentos, né? Porque já curtimos os momentos de dor, né?

Serviço do UFC 268

 

Combate transmite o UFC 268 ao vivo e com exclusividade no próximo sábado a partir de 19h (horário de Brasília), enquanto o “Aquecimento Combate” começa às 18h45. O Combate.com exibe as duas primeiras lutas ao vivo e acompanha todo o evento em tempo real. Combate e SporTV 3 exibem a pesagem cerimonial na sexta-feira às 18h.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas