Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Economia

Em documento enviado a OMC, Brasil diz que trabalha para esclarecer operação da PF

Publicado

em

Em documento enviado a OMC, Brasil diz que trabalha para esclarecer operação da PF

Documento diz que autoridades brasileiras consideram sérias as denúncias e que a operação da PF é prova de ‘transparência e credibilidade’.

a quarta-feira (22), durante encontro dos membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Genebra, o órgão divulgou um documento sobre a Operação Carne Fraca, a pedido do Brasil. As informações são do Jornal Hoje.

O documento diz que as autoridades brasileiras consideram sérias as denúncias e que a operação da Polícia Federal é uma prova de “transparência e credibilidade dos controles existentes.”

Deflagrada pela Polícia Federal na semana passada, a Operação Carne Fraca investiga corrupção de fiscais do Ministério da Agricultura, suspeitos de receberem propina para liberar licenças de frigoríficos. Segundo a PF, partidos como o PP e o PMDB também teriam recebido propina.

Além de corrupção, a PF também apura a venda, pelos frigoríficos, de carne vencida ou estragada, dentro do Brasil e no exterior.

O documento lido durante a reunião da OMC diz ainda que o Ministério da Agricultura do Brasil é reconhecido pelo rigor dos serviços de inspeção dos produtos de origem animal – garantindo a segurança e a qualidade da comida.

Lembrou ainda que o sistema regulatório do Brasil é monitorado e auditado de perto pelo mundo todo com inspeções adicionais frequentes e que apesar de sérias, as denúncias precisam ser colocadas em perspectiva. Hoje, existem 2.300 fiscais, mas somente 33 estão sendo investigados.

“O Brasil reafirma que mantém os padrões de programas sanitários e que as agências brasileiras estão trabalhando em conjunto para esclarecer os fatos.”

O documento termina dizendo que o Brasil espera que os membros da OMC levem em conta todas as informações.

Proibição da importação

Nesta quarta-feira, a África do Sul comunicou que suspendeu a importação de carne brasileira de empresas envolvidas na Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. As informações foram confirmadas pelo Ministério da Agricultura.

Além da África do Sul , restringiram oficialmente a importação de carne brasileira:

Japão

Chile

Suíça

China

Hong-Kong

México

União Europeia

Principais importadores

Saiba quais são os principais compradores de carne brasileira, segundo o Ministério da Indústria e Comércio Exterior:

1) China – US$ 1,75 bilhão (13% do total)

2) Hong Kong – US$ 1,51 bilhão (11,2% do total

3) Arábia Saudita – US$ 1,27 bilhão (9,4% do total)

4) Rússia – US$ 1,03 bilhão (7,6% do total)

5) Japão – US$ 747 milhões (5,5% do total)

6) Países Baixos – US$ 715 milhões (5,3% do total)

7) Egito – US$ 690 milhões (5,1% do total)

8) Emirados Árabes Unidos – US$ 585 milhões (4,3% do total)

9) Chile – US$ 441 milhões (3,2% do total)

10) Reino Unido – US$ 389 milhões (2,9% do total)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais lidas