Destaque Principal Mundo

Em autorização emergencial, EUA aprovam cloroquina e hidroxicloroquina para tratamento de coronavírus

Redação
Escrito por Redação

Marina Roveda

 

Depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informar que mais de 1 milhão de norte-americanos foram testados para o Covid-19, a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA, emitiu uma autorização de emergência para tratamentos experimentais de coronavírus usando os medicamentos anti-malária cloroquina e hidroxicloroquina.

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos disse que os produtos podem “ser distribuídos e prescritos pelos médicos para pacientes adolescentes e adultos hospitalizados com Covid-19, conforme apropriado, quando um ensaio clínico não estiver disponível ou viável”.

A autorização de emergência foi emitida porque os benefícios superam os riscos dos medicamentos e reconheceu que relatórios anedóticos sugerem que esses medicamentos podem oferecer algum benefício no tratamento de pacientes com Covid-19 hospitalizados. Entretanto, não descartou os ensaios clínicos – que são necessários para fornecer informações científicas – que provem a eficácia deste tratamento.

O presidente americano continua elogiando as drogas antimaláricas em entrevistas diárias à imprensa.

Os cientistas afirmam que estudos iniciais forneceram evidências mistas comprovando sua eficácia, mas alertam que os medicamentos podem ter riscos, como problemas de visão ou parada cardíaca.

O número de mortes causadas pela pandemia de covid-19 nos EUA ultrapassou 3 mil e o número de casos registrados subiu para mais de 163 mil, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: