Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Dr. Sinval e COBAP pressionam e governo antecipa metade do 13º salário a aposentados

Publicado

em

Dr. Sinval e COBAP pressionam e governo antecipa metade do 13º salário a aposentados

A persistência do médico e deputado Dr Sinval Malheiros (Podemos – SP) foi recompensada com a publicação do decreto presidencial autorizando a antecipação de 50% do Abono de Natal a 30 milhões de aposentados e pensionistas brasileiros.

Ele foi o único parlamentar do Brasil a enviar ofício à Presidência da República exigindo a antecipação do 13º. Também se reuniu com o presidente Michel Temer e com o deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA), atualmente ministro da Secretaria de Governo, para pedir a liberação.

Em dois encontros com Temer, o deputado Dr Sinval argumentou que os aposentados já assumiram compromissos na expectativa de receber a metade do 13º (como ocorre desde 2006).

Depois de toda a pressão, o ministro-chefe Antonio Imbassahy informou a Sinval Malheiros que sua luta foi vitoriosa e que o governo vai assegurar o benefício.

A batalha travada pelo médico e parlamentar nos bastidores foi respaldada pela Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos. “Mais uma vez, o deputado Sinval demonstrou que está ao nosso lado e que tem força e prestígio”, elogiou Warley Martins, presidente da COBAP.

A primeira parcela corresponde a 50% do valor do benefício recebido. O pagamento será feito junto com os vencimentos e segue a ordem dos cartões. Logo no dia 25 de agosto, pega a grana quem recebe o piso, R$ 937.

Para os segurados que ganham mais do que o salário mínimo, o pagamento começa em 1º de setembro. A segunda parcela será paga na folha de novembro.

 

Saiba quem recebe – Vale lembrar que a primeira parte do 13º vem sem desconto do imposto de renda. Os abatimentos só serão feitos na segunda parcela. Quem tem 65 anos ou mais fica isento de IR.

Já no auxílio-doença, não há essa cobrança. Tem direito quem durante este ano recebeu aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

Para ler a notícia no portal da Cobap, acesse: https://goo.gl/AifbPg.

mais lidas