Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Digitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentos

Publicado

em

Digitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentos

Segundo ministério, 59% dos serviços estão totalmente digitalizados

A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia contabiliza que milhões de brasileiros deixaram de sair de casa e se dirigir a uma repartição pública para buscar alguma informação, dar entrada em algum pedido ou mesmo acessar direitos, como providenciar a habilitação de motorista, requerer a carteira de trabalho, acionar o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), verificar o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou do auxílio emergencial.Digitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentosDigitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentos

Segundo estimativa da secretaria, com os atuais serviços à disposição na internet, 65 milhões de atendimentos por ano deixam de exigir a presença do cidadão em órgãos públicos. Esse número tende a ser mais expressivo com o passar do tempo. A meta é atingir os 100% de digitalização dos 3,3 mil serviços até 2022. Hoje, 59% desses serviços estão totalmente digitalizados.

“É uma transformação para o governo, que procura ser mais acessível e ágil na prestação de serviços públicos e mais ainda na vida do cidadão”, informa, em nota do Ministério da Economia, o coordenador de Relacionamento e Portfólio, Marcos Ricardo dos Santos.

A iniciativa evita deslocamentos em tempo de pandemia da covid-19. “Pessoas que antes tinham de se deslocar para agências e outras unidades de órgãos públicos agora conseguem fazer o atendimento completo pelo celular, notebook ou computador, sem sair de casa”, comemora Santos.

Os serviços disponíveis estão no portal gov.br. De janeiro a junho deste ano, o número de usuários acessando mensalmente o portal passou de 4,6 milhões para 12,1 milhões. Desde o início da pandemia, mais de 250 modalidades de atendimento do serviço público federal ficaram disponíveis no portal.

 

 

Agência Brasil

mais lidas