Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Diário do Timão – Presidente elogia, mas não garante Cristóvão no Corinthians em 2017

Publicado

em

Diário do Timão - Presidente elogia, mas não garante Cristóvão no Corinthians em 2017

Roberto de Andrade e diretoria farão balanço do trabalho do treinador em dezembro para decidir se ele cumprirá o contrato até o fim do próximo ano. Avaliação é positiva

Cristóvão Borges tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017, mas passará por uma avaliação da diretoria em dezembro para saber se continuará no clube na próxima temporada. Apesar dos elogios feitos ao trabalho do treinador até agora, o presidente Roberto de Andrade prefere não garanti-lo no cargo.

– Isso (permanência) nós temos que avaliar. Nenhum treinador tem título de vitalício. Não existe. E eu também não sou refém de ninguém. Sou refém de bom trabalho, de uma boa pessoa, do trabalho sério. Mas sabemos que a contrapartida disso tudo é os resultados. Gosto muito de citar o Tite porque foi o mais vitorioso conosco e saiu recentemente. Nós renovávamos a cada ano que vencia. Não será diferente com Cristóvão – afirmou o presidente, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Cristóvão Borges Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Cristóvão não tem permanência garantida no Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Roberto de Andrade evitou condicionar a permanência do técnico à conquista de títulos ou, no mínimo, obter uma vaga na próxima edição da Taça Libertadores. Mesmo com tantas mudanças no elenco nas últimas semanas, o Corinthians aparece na quarta colocação do Campeonato Brasileiro e precisa de um empate sem gols, contra o Fluminense, em Itaquera, para avançar às quartas de final da Copa do Brasil.

– O resultado é importante? Sim, mas não só ele. Tem outros fatores com que você pode concluir que o treinador não serve mais. Ele pode dar resultado e, talvez, você não esteja contente com a forma de conduzir as pessoas. O trabalho do treinador não é só na beira do gramado no dia do jogo. Ele tem o dia a dia, são 30 e poucas pessoas, 11 jogam, 20 ficam fora, alguns vão para o banco e outros nem no banco ficam. Tudo isso é uma administração que não é fácil, e você não pode perder a mão – explicou Roberto.

O resultado é importante? Sim, mas não só ele. Tem outros fatores com que você pode concluir que o treinador não serve mais.

Roberto de Andrade

O dirigente diz estar satisfeito com o trabalho feito até o momento. Cristóvão chegou com o Brasileirão já em andamento e perdeu jogadores importantes, como os volantes Bruno Henrique e Elias, negociados. O treinador ainda busca uma formação ideal e tem números razoáveis. Ele obteve seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

– Estou (gostando). Acho que ele está trabalhando. O time está oscilando, perdeu jogadores importantes. Entendemos que isso também atrapalha bastante o trabalho dele. Estou contente, sim. Ele está trabalhando, tentando encaixar as peças certas para fazer o time render.

Roberto de Andrade Corinthians (Foto: Diogo Venturelli)

Para Roberto de Andrade, avaliação atual do técnico do Timão é positiva (Foto: Diogo Venturelli)

A contratação de Cristóvão Borges para substituir Tite foi uma grande surpresa no Corinthians e ainda não convenceu a torcida, que queria o ex-lateral Sylvinho na função. Para Roberto de Andrade, a situação é semelhante àquela que Tite viveu ao ser contratado em 2010 e logo depois cair na fase prévia da Libertadores diante do Tolima, da Colômbia.

– Com o Tite em 2011 era a mesma coisa. Foi a mesma cobrança, invadiram, quebraram os carros, exigiram a saída dele… – recordou.

mais lidas