Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Diário do Peixe – Defesa menos vazada vira trunfo para Santos sonhar com título do Brasileirão

Publicado

em

Diário do Peixe - Defesa menos vazada vira trunfo para Santos sonhar com título do Brasileirão

Peixe sofreu apenas 23 gols em 25 jogos disputados na competição nacional. Participação dos atacantes na marcação tem ajudado sistema defensivo

Vanderlei Santos (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)

Vanderlei é o goleiro titular da defesa menos vazada do Brasileirão (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Conhecido por formar ataques avassaladores, o Santos tem mostrado outra arma para tentar chegar ao título do Campeonato Brasileiro: a defesa. Equilibrado como o técnico Dorival Júnior busca desde seu retorno à Vila Belmiro, em julho de 2015, o Peixe é a equipe que menos sofreu gols até agora nesta edição do torneio nacional.

Após 25 rodadas disputadas, o Alvinegro tem 23 gols sofridos, empatado com o Atlético-PR como a defesa menos vazada da competição. Atualmente, a linha defensiva santista é formada por Victor Ferraz, Luiz Felipe (deu lugar a David Braz contra o Botafogo por conta de um incômodo na panturrilha direita), Gustavo Henrique e Zeca.

O sucesso da zaga do Santos, porém, começa lá na frente. Os atacantes e meias, a pedido de Dorival, têm ajudado muito na marcação. É comum, por exemplo, ver Vitor Bueno, que joga sempre aberto por um dos lados do ataque, marcando o lateral adversário até a linha de fundo.

Além disso, os jogadores ofensivos do Peixe pararam de dar o “bote errado”. A comissão técnica faz trabalhos diários para que o elenco tenha consciência da importância de ocupar espaços. Muitas vezes, Dorival prefere que o centroavante Ricardo Oliveira, por exemplo, não dê um pique para tentar recuperar a bola de um defensor adversário, mas que o cerque apenas para atrapalhar.

Ricardo Oliveira Gustavo Henrique Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Ricardo Oliveira + Gustavo Henrique: atacante e zagueiros marcam para ajudar o Peixe (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Caso a marcação ofensiva seja bem feita na frente, os zagueiros do Alvinegro têm mais facilidade.

– Vemos todos ajudando, todos correndo. Isso faz diferença. Todos têm que ajudar e dar o melhor, por isso não levamos gols – disse o goleiro Vanderlei.

Além de ter a defesa menos vazada do Brasileirão, o time comandado pelo técnico Dorival Júnior tem o segundo ataque mais efetivo. Com 40 gols marcados, está atrás apenas do Palmeiras, que tem 43 e é lider, com 48 pontos. Os santistas estão em quarto lugar, com 42.

O Santos entra em campo novamente neste domingo, às 18h30 (de Brasília), contra o Santa Cruz, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

mais lidas