Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Daniela Seibel: São Paulo precisa do espírito de comunidade que só as associações de bairro podem dar

Publicado

em

Daniela Seibel: São Paulo precisa do espírito de comunidade que só as associações de bairro podem dar

São Paulo precisa do espírito de comunidade que só as associações de bairro podem dar 

A Administração Pública tem o dever de resolver os problemas da cidade. Mas em um contexto no qual se insere toda a sociedade, fica claro que a população não pode apenas ficar passiva esperando soluções. Falta à capital paulista um espírito de comunidade, que una vizinho a vizinho na busca pelos direitos de todos os cidadãos. A AME Jardins tem como sua principal marca conseguir girar esse dínamo de mobilização.

Representando os moradores dos bairros dos Jardins América, Europa, Paulista e Paulistano, nós somos uma das associações de bairro mais ativas da cidade. Nada acontece nessa região sem que analisemos antes e monitoremos depois. E se o diagnóstico da comunidade for negativo, lutamos em todas as áreas: pedidos de esclarecimento aos órgãos públicos, ofícios, protestos,reuniões com autoridades, contato com a imprensa e ações judiciais se for o caso.

Mas os Jardins não são uma ilha no meio da cidade. Uma das nossas metas é mostrar que este espírito de comunidade que temos aqui deve ser replicado em todos os territórios da cidade. E não é só retórica: já prestamos consultoria e ajuda para diversas associações de bairro da cidade sobre como se estruturar, interagir com os representantes do município e imprensa, por exemplo.

Está no nosso DNA a luta pela preservação e fomento de áreas verdes da cidade. Os Jardins funcionam como um pulmão para São Paulo. Uma região que auxilia na diminuição do calor que emana do entorno que é formado quase totalmente por concreto.

Durante os debates da última lei de zoneamento, nos articulamos de forma profunda para evitar que o verde fosse todo destruído. Foi o espírito de comunidade que nos deu a força para evitar que uma das principais áreas verdes da cidade acabassem.

Mas não existe jogo ganho. A cada dia temos novos desafios em relação à segurança, condição do asfalto, manutenção de praças, qualidade do ar, derrubadas de árvores, infestação de pernilongos e tudo que afeta uma grande metrópole. Só conseguimos passar por estes desafios com o suporte de milhares de moradores e outros milhares de frequentadores do bairro.

A AME Jardins quer ser exemplo, mas também aprender. Nossa vivência é o diálogo, entre nós moradores, com órgãos públicos e toda cidade de São Paulo.

Daniela Cerri Seibel é presidente da AME Jardins, associação dos moradores dos bairros dos Jardins América, Europa, Paulista e Paulistano.

mais lidas