Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Covas terá quatro vezes mais tempo de propaganda na TV do que Russomanno

Publicado

em

Covas terá quatro vezes mais tempo de propaganda na TV do que Russomanno

Saiba quanto tempo cada candidato à Prefeitura de São Paulo vai ter na televisão e no rádio para propaganda eleitoral

O prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição e segundo colocado nas pesquisas à Prefeitura da capital paulista, terá quatro vezes mais tempo de propaganda eleitoral na TV do que o deputado Celso Russomanno (Republicanos), que lidera as intenções de voto. Com uma coligação que reúne seis partidos, Covas terá direito a 3 minutos e 29 segundos. A coligação de Russomano, que reúne duas siglas, terá 51 segundos.

Segundo a última pequisa divulgada sexta-feira pelo Ibope, Russomanno tem 26% das intenções de voto e Covas segue em segundo lugar, com 21% . Tecnicamente os dois estão empatados dentro da margem de erro, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O horário eleitoral gratuito começa na próxima sexta-feira,  dia 9 de outubro.

O ex-governador Márcio França (PSB) tem o segundo maior tempo, de 1m36s, seguido por Jilmar Tatto, do PT, com 1m7s, e Joice Hasselmann, do PSL, com 1m4s.

Guilherme Boulos, do PSOL, que aparece na terceira posição nas pesquisas, empatado com Márcio França, terá 17 segundos. Boulos tem 8% das intenções de voto e França 7%.

Andrea Matarazzo (PSD) terá 45 segundos de propaganda. Orlando Silva (PCdoB) terá 17 segundos, seguido por Arthur do Val (Patriota), com 16 segundos e Filipe Sabará (Novo), com 15 segundos.

Os tempos de inserção na tevê e no rádio são iguais. A lei prevê dois blocos diários de dez minutos, no rádio e na TV. Em São Paulo, por sorteio, ficou estabelecido que Orlando Silva, do PCdoB, vai abrir o horário eleitoral. O sistema prevê rodízio – a cada dia a propaganda veiculada por último, na véspera, será a primeira, apresentando-se as demais na ordem do sorteio.

Tempo proporcional

Desde 2015, 90% do espaço são divididos entre os candidatos de acordo com o número de deputados federais eleitos pelos seis maiores partidos que integram a coligação. Os 10% restantes são distribuídos igualmente entre as chapas.

Covas tem o maior número de partidos coligados, num total de 180 representantes na Câmara Federal. A segunda maior coligação é a de Márcio França, com quatro partidos e 80 deputados federais.

A Aliança por São Paulo, coligação de Russomanno, tem 40 parlamentares na Câmara dos Deputados.

Quatro candidatos à Prefeitura de São Paulo não terão tempo de propaganda eleitoral gratuita : Antonio Carlos (PCO), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (Rede) e Vera Salgado (PSTU). O motivo é a cláusula de barreira, que regula o acesso a recursos públicos para financiamento de  campanhas e a propaganda eleitoral gratuita.

Veja o tempo de cada candidato

  • Bruno Covas (PSDB) –  03:29
  • Márcio França (PSB) –  01:36
  • Jilmar Tatto (PT)       –  01:07
  • Joice Hasselmann  (PSL) –  01:04
  • Celso Russomanno (Republicanos) – 00:51
  • Andrea Matarazzo (PSD) –  00:45
  • Guilherme Boulos (PSOL)- 00:17
  • Orlando Silva (PCdoB) –  00:17
  • Arthur do Val (Patriota) – 00:16
  • Filipe Sabará (Novo) – 00:15

Conheça as maiores coligações:

  • Aliança Por São Paulo: PTB e Republicanos
  • Todos por São Paulo: Progressistas, MDB, Podemos, PL, Democratas e PSDB
  • Aqui tem palavra:  PDT, PSB, Avante e Solidariedade

.

.

.

Agência O Globo

mais lidas