Siga nossa Redes

Sem categoria

Corinthians dobra dívida em direitos de imagem, mas diretoria promete: “Todos irão receber”

Redação SP

Publicado

em

Corinthians dobra dívida em direitos de imagem, mas diretoria promete: "Todos irão receber"

Clube deve R$ 19,6 milhões só para o trio de defesa Cássio, Fagner e Gil; veja outros valores

A dívida do Corinthians em relação aos direitos de imagem de seus atletas e ex-atletas terminou 2020 em alta, chegando à casa dos R$ 87,5 milhões, de acordo com a diretoria financeira do clube. Quase o dobro dos R$ 48,4 milhões devidos ao fim de 2019.

Observado apenas o que está divulgado no balanço do clube, o valor é ainda maior: R$ 121,4 milhões. Este valor, porém, engloba R$ 33,9 milhões de dívida com a empresa de Will Dantas, empresário do meia Pedrinho, e não diz respeito a direitos de imagem, mas sim a direitos econômicos.

São os 30% dos direitos econômicos da negociação do jogador com o Benfica, de Portugal, aos quais o agente tem direito. Deste montante, a diretoria financeira do Corinthians alega já ter pago R$ 12 milhões, restando R$ 21,9 milhões para serem quitados em parcelas de 2022 e 2023.

– Todos os jogadores que têm valores a receber no Corinthians, a primeira certeza é de que irão receber. Todos sabem, o clube nunca deixou de pagar. Atrasar não é o ideal, mas acontece, podemos parcelar… Temos uma forma de trabalho que damos muita satisfação a quem tem valores em aberto. Acontece quando o salário atrasa. Tivemos três ou quatro meses e você não viu reclamação – disse o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, quando questionado sobre o tema.

Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians na gestão de Duilio Monteiro Alves — Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

Roberto de Andrade, diretor de futebol do Corinthians na gestão de Duilio Monteiro Alves — Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

Para ele, o bom relacionamento e a clareza entre diretoria e elenco facilitam o processo de paciência para receber os valores atrasados. Neste momento, o clube não tem pendências salariais com os jogadores do time profissional masculino.

– Dar a satisfação é uma forma de pagamento também. É importante que em se tratando de salário as pessoas acompanhem o trabalho da diretoria, nosso do presidente (Duilio Monteiro Alves). Passamos para eles as movimentações para aumentar receitas. A gente lida bem, eles têm confiança no que a gente fala – completou o diretor de futebol.

Valores assustam

 

Os valores devidos pelo Corinthians, porém, não são de simples resolução. Só para o trio Cássio, Fagner e Gil o clube deve, somadas as dívidas de imagem, R$ 19,6 milhões. O montante mais alto é para o zagueiro (R$ 11,6 milhões).

Há, também, a presença de ex-jogadores na listagem. Jadson, por exemplo, tem R$ 1,2 milhão a receber. Cristian, que deixou o clube em 2017, tem R$ 2,5 milhões.

Confira abaixo a lista completa*:

Dívida em direitos de imagem do Corinthians — Foto: Reprodução

Dívida em direitos de imagem do Corinthians — Foto: Reprodução

*Fair Play Football é a empresa de Will Dantas, e o valor de R$ 33,9 milhões corresponde a direitos econômicos e não direitos de imagem.

 

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte

Publicidade
Publicidade

mais lidas