Siga nossa Redes

Esportes

Copa do Brasil pode fazer Palmeiras igualar temporadas com mais títulos da história

esportes

Publicado

em

Copa do Brasil pode fazer Palmeiras igualar temporadas com mais títulos da história

Campeão paulista e da Libertadores, Verdão venceu três torneios pela última vez em 1993

A temporada de 2020 já será lembrada como um capítulo importante da história do Palmeiras independentemente do resultado da Copa do Brasil, principalmente por causa do bicampeonato da Libertadores. Mas a disputa de título no torneio mata-mata nacional pode igualar um feito de quase 30 anos.

O Verdão inicia a disputa do título da Copa do Brasil neste domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre. O jogo de volta é dia 7 de março, no Allianz Parque.

Em 1993, o Verdão saiu da fila em grande estilo, com os títulos do Campeonato Paulista, do Torneio Rio-São Paulo e do Campeonato Brasileiro. Aquela foi a última em vez que o clube festejou três conquistas na mesma temporada.

Tal retrospecto ocorreu também em outras duas oportunidades. Em 1951, além da Copa Rio, campeonato considerado como Mundial de Clubes da época, o Verdão festejou o Torneio Rio-São Paulo e a Taça Cidade de São Paulo. Em 1972, os palmeirenses venceram o Brasileirão, o Paulistão e a Taça Governador do Estado.

A temporada de 2020 será finalizada somente em março de 2021 por causa das mudanças do calendário provocadas pela pandemia do novo coronavírus.

Os palmeirenses já venceram o Paulistão e a Libertadores e agora vivem a expectativa na Copa do Brasil.

 

O que também deixa o 2020 do Verdão marcante é o fato de o time ter disputado todas as partidas possíveis de seu calendário. Além de chegar até as finais do Paulistão, da Libertadores e da Copa do Brasil, e das 38 rodadas do Brasileirão, os palmeirenses participaram do Mundial de Clubes da Fifa.

Neste domingo, data do primeiro confronto contra o Grêmio, a equipe de Abel Ferreira fará seu 78º jogo na temporada esportiva de 2020.

Felipe Melo e as taças

 

A Copa do Brasil dá também a oportunidade para Felipe Melo entrar mais ainda para a história do clube. Se o Palmeiras levar o troféu no torneio mata-mata, será o terceiro erguido pelo capitão desde a sua chegada ao clube.

Corredor do vestiário da Academia com imagem de Felipe Melo com a taça de campeão paulista — Foto: Reprodução/Instagram

Corredor do vestiário da Academia com imagem de Felipe Melo com a taça de campeão paulista — Foto: Reprodução/Instagram

Com o Paulistão e a Libertadores, ele já aparece como destaque no século, empatado com Marcos (campeão da Série B de 2003 e do Paulistão de 2008) e vantagem em relação aos outros capitães que ergueram troféu pelo clube no período: Marcos Assunção (Copa do Brasil de 2012), Henrique (Série B de 2013), Zé Roberto (Copa do Brasil de 2015), Dudu (Brasileirão de 2016) e Bruno Henrique (Brasileirão de 2018).

O último a levantar três taças na mesma temporada foi César Sampaio, campeão paulista, brasileiro e do Rio-São Paulo de 1993. O ex-volante liderou o Verdão em outros quatro torneios: Paulistão de 1994, Brasileirão de 1994, Libertadores de 1999 e Rio-São Paulo de 2000.

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas